Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Triumph
A linha Bonneville cresce com os modelos  Bobber (E) e Street Scrambler - Divulgação

A linha Bonneville cresce com os modelos Bobber (E) e Street Scrambler – Divulgação

 

A Triumph lança nesta semana no Brasil, nas suas 15 concessionárias, as novas motocicletas clássicas da família Bonneville: Bobber e Street Scrambler. Os novos modelos chegam com preços de R$ 41.990,00 (Street Scrambler) e R$ 49.990,00 (Bobber) e ampliam ainda mais o leque de motocicletas clássicas da marca – que já contava com outros cinco modelos no País: Street Twin, Street Cup, Bonneville T120, Bonneville T120 Black e Thruxton R.

 

Atualmente, as motocicletas clássicas representam para a Triumph, no mercado nacional, cerca de 25% das vendas totais da marca. “Nossa intenção é ampliar esta participação nos próximos anos, chegando a 30% no final do próximo ano e atingindo pelo menos uma fatia de 35% das nossas vendas até 2020”, explica Waldyr Ferreira, Diretor Geral da Triumph Motorcycles Brazil. “No mercado internacional, as clássicas já alcançaram uma participação de 50% das vendas da marca e a expectativa é ampliar ainda mais este percentual até 2020”, acrescenta.

 

Os novos modelos Bobber e Street Scrambler deverão atingir, no total, um volume de vendas em torno de 380 unidades no próximo ano. A Street Scrambler tem como público-alvo, na avaliação da fabricante inglesa, um consumidor clássico e moderno ao mesmo tempo, que prefere atitude, elegância e estilo mais rústico e focado no off-road, mas que também busca uma moto bonita, divertida e que ofereça conforto em todos os tipos de estrada. Já o comprador de uma Bobber deseja uma motocicleta clássica moderna, mas busca uma experiência de pilotagem mais emocionante. Ele é atraído pelo belo design e estilo da moto, e procura por um modelo icônico, realmente especial.

 

Bobber - Divulgação

Bobber – Divulgação

 

Bonneville Bobber – As motocicletas de estilo bobber nasceram logo após a Segunda Guerra Mundial , na década de 40, por meio dos soldados que voltavam para casa e buscavam emoção em duas rodas. Utilizando como base, muitas vezes, motocicletas que haviam sobrevivido à guerra, eles customizavam as motos em garagens caseiras, utilizando ferramentas simples. O objetivo era tornar a motocicleta a mais despojada possível, retirando tudo que fosse considerado supérfluo, como para-lamas pesados, proteções e luzes indicadoras. Depois de prontas, elas disputavam rachas e corridas de rua que ajudaram o tornar o seu estilo uma verdadeira febre entre os motociclistas da época.

 

Apesar de trazer o DNA incomparável de engenharia e estilo da Bonneville T120, a nova Bobber nasceu de uma linhagem inigualável de bobbers personalizadas da Triumph. E oferece personalidade e atitude inconfundíveis. O novo modelo reúne, com perfeição, os princípios de estilo minimalista, sua proposta muscular e a atitude que se espera de uma autêntica bobber. Na verdade, as principais características de uma bobber real estão presentes na nova clássica da Triumph: linhas limpas, motor exposto, postura baixa, assento individual, guidão largo, carroceria e farol mínimos, tanque esculpido, rodas com raios cromados, roda traseira mais larga e a essencial traseira com a aparência mais robusta. Com seu motor de 1.200 cc, é uma motocicleta hotrod imponente, musculosa e tão empolgante para observar como também para pilotar.

 

Street Scrambler - Divulgação

Street Scrambler – Divulgação

 

Bonneville Street Scrambler – O conceito de moto Scrambler nasceu na década de 50, para batizar modelos que eram adaptados para disputar corridas de enduro – ganhando itens como pneus para o uso off-road, escapamento alto e guidão largo. O nome veio da expressão em inglês to scramble, que significa subir rapidamente uma colina usando os pés e as mãos. Este tipo de moto fez sucesso e logo os fabricantes começaram a lançar modelos com este visual off-road. A Triumph entrou no segmento em 1963, com a Bonneville T-120 TT, de 650 cc, que ficou em produção até 1967. Em 2006, a marca apresentou a Triumph Scrambler, equipada com motor de 865 cc.

 

A novíssima Triumph Street Scrambler, desenvolvida a partir do bem-sucedido modelo Street Twin, chega ao mercado brasileiro como uma nova opção de motocicleta clássica dentro da família Bonneville. Com motor de 900 cc, a Street Scrambler é uma motocicleta divertida, acessível, contemporânea e que incorpora uma significativa evolução em engenharia e estilo em relação à Triumph Scrambler anterior – que não chegou a ser lançada no Brasil. O novo modelo foi desenvolvido para apresentar o mais belo e objetivo estilo Scrambler, com recursos e detalhes exclusivos, estilo mais rústico e foco no off-road.

A Triumph recebe o Prêmio Moto de Ouro na categoria Cliente mais Satisfeito - Divulgação

A Triumph recebe o Prêmio Moto de Ouro na categoria Cliente mais Satisfeito – Divulgação

 

A Triumph Motorcycles foi eleita pelos internautas e leitores da revista Motociclismo a marca de motocicletas com o Cliente mais Satisfeito no Brasil. É o quarto ano consecutivo em que a fabricante inglesa é a vencedora nesta categoria no Prêmio Moto de Ouro. O resultado foi anunciado na noite do dia 7, em São Paulo (SP), em cerimônia realizada no Sambódromo do Anhembi. Para chegar a este resultado, a editora considerou os votos de 7.630 eleitores. A Triumph teve aprovação de 97% dos seus clientes – nos dois anos anteriores, o percentual havia sido de 96%, o que ainda demonstra evolução da marca neste quesito.

 

O resultado confirma a preocupação da marca inglesa não só com a qualidade das suas motocicletas, mas também com a construção de uma rede de concessionárias moderna e bem treinada, capaz de prestar um serviço de pós-venda de primeiro mundo. Atualmente, são 15 revendas instaladas nas principais cidades brasileiras. Lançada no Brasil em 2012, a Triumph vem conquistando diversas premiações do setor desde então. A marca já soma, com esta nova conquista 31 prêmios obtidos em menos de cinco anos de atuação.

A Triumph será fornecedora exclusiva de motores, a partir de 2019, para o Campeonato FIM Moto2 - Divulgação

A Triumph será fornecedora exclusiva de motores, a partir de 2019, para o Campeonato FIM Moto2 – Divulgação

 

A Triumph Motorcycles foi anunciada como fornecedora exclusiva de motores, a partir de 2019, para o Campeonato FIM Moto2 – uma das classes que integra o Campeonato Mundial de Motovelocidade, a mais importante competição de motocicletas do planeta. A fabricante inglesa assinou um contrato de três anos com a Dorna, detentora dos direitos comerciais da competição, para fornecer um motor Triumph de três cilindros com 765 cc, baseado no novíssimo propulsor que equipará a nova Street Triple 2017 – motocicleta que chegará ao mercado brasileiro em agosto deste ano.

 

O novo motor é um desenvolvimento significativo do vitorioso motor Daytona 675R, que possibilitou a vitória desta esportiva em provas como Isle of Man TT, Daytona 200 e British Supersports em 2014 e 2015. Com base na mais alta especificação do motor de 765 cc, a nova Street Triple RS foi desenvolvida para a Moto2 com as seguintes modificações:

 

  • Cabeçote do cilindro modificado, com novas portas de admissão e de exaustão, para um fluxo de combustível otimizado.

 

  • Válvulas de titânio e molas das válvulas mais rígidas, para um aumento de rotação.

 

  • Kit alternador de baixa saída para redução de inércia.

 

  • Relação de transmissão de 1ª marcha mais longa.

 

  • Embreagem deslizante/assistida (slipper clutch), desenvolvida para competição, na qual será ajustável.

 

  • Módulo da injeção eletrônica específico de competição, que será desenvolvido em conjunto com a Magneti Marelli.

 

  • Tampa do motor reprojetada para redução de largura.

 

  • Cárter modificado para permitir uma melhoria no fluxo do coletor.

 

Motor de 765 cc da nova Street Triple RS foi desenvolvido para a Moto2  - Divulgação

Motor de 765 cc da nova Street Triple RS foi desenvolvido para a Moto2 – Divulgação

 

Tendo como base o novo motor da Street Triple 2017, o Triumph Moto2 765cc foi desenvolvido e ajustado para proporcionar ganhos de potência e torque. No modo de pilotagem estrada, o motor proporciona o mais alto nível de desempenho para uma Street Triple, fornecendo potência de 123 cv (a 11.700 rpm) e torque de 77 Nm (a 10.800 rpm). Este novo motor possui mais de 80 peças novas, em comparação com o motor da geração anterior, incluindo um aumento do diâmetro e do curso. Os componentes novos incluem:

 

  • Novo virabrequim

 

  • Novos pistões

 

  • Novas bielas e eixo balanceador

 

  • Cilindros galvanizados em Nikasil

 

  • Caixa de marchas revisada

 

A tecnologia do novo motor Triumph 765 cc Moto2 foi desenvolvida para possibilitar que o motor aspire mais livremente e com maior rotação comparado a uma motocicleta padrão, aumentando ainda mais o desempenho geral. Outras alterações foram feitas especificamente para o uso em corridas. Veja abaixo o filme de funcionamento do motor Triumph Moto2.

 

[video]https://www.youtube.com/watch?v=bDT8y0WEfxo&feature=youtu.be[/video]

 

 

Paul Stroud, chief Commercial Officer da Triumph Motorcycles, afirmou: “Este é um momento significativo para a Triumph, iniciando um novo e empolgante capítulo em nossos 110 anos de história e tendo como base nossos celebrados e vitoriosos motores triplos TT e Supersports. Esperamos consolidar uma longa e empolgante relação com a Dorna e as equipes, pilotos e torcedores da Moto2″.

 

Carmelo Ezpeleta, diretor executivo da Dorna, acrescentou: “Estamos muito felizes em trabalhar com uma das mais icônicas marcas de motocicletas. Os motores três cilindros da Triumph são conhecidos por sua força, transmissão e entrega de torque e obtiveram muito sucesso na pista, tornando-os a escolha ideal para o campeonato Moto2. Estamos ansiosos para a temporada de 2019 e o início de uma nova geração da Moto2, em parceria com a Triumph”.

 

Herve Poncharal, presidente da IRTA, afirmou: “A Moto2 é uma categoria-chave na alimentação de talentos no MotoGP. Estamos vendo que muitos dos melhores pilotos do MotoGP passam pela categoria intermediária. A chegada de Triumph como único fornecedor de motores e com novas ECUs (módulo da injeção eletrônica) na classe intermediária marca uma nova era que certamente irá provar outro passo incrível em sua evolução, tornando-se a categoria final no caminho para o MotoGP”.

 

Trevor Morris, diretor técnico da ExternPro, empresa que será responsável pela preparação final dos motores para as corridas, comentou: “É incrivelmente empolgante trabalhar em conjunto com a Triumph, um ícone no fornecimento de motores para o Moto2. Sou fã de longa data do motor de três cilindros, suas características e seu desempenho único, para garantir o futuro sucesso do campeonato”.

 

Julian Simon, campeão Mundial 125cc 2009 e vice-campeão da Moto2 e experiente piloto de testes da Moto2, que esteve envolvido nos testes da fase de desenvolvimento do motor, disse: “O motor parece muito forte e sua faixa intermediária é particularmente impressionante. A sensação entre o acelerador e a roda traseira é muito direta e controlável. O sentimento geral é muito bom e o motor já mostra um grande potencial”.

Lançamento do App na sede da Triumph, em São Paulo - Divulgação

Lançamento do App na sede da Triumph, em São Paulo – Divulgação

 

A Triumph apoia o lançamento do aplicativo 192 Smart, apresentado na última segunda-feira (29/4), em sua sede, em São Paulo (SP), como parte das atividades do Maio Amarelo, para profissionais do setor, representantes de prefeituras, SAMUs (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Corpo de Bombeiros, entidades de classe e imprensa. O novo aplicativo, que já está disponível para download gratuito na Apple Store e na Google Play, traz uma tecnologia inovadora que tornará mais rápido, fácil e eficiente o atendimento a vítimas de acidentes de trânsito. O projeto conta com o apoio da Secretaria de Transportes da Prefeitura de São Paulo, da Associação Brasileira de Medicina de Trânsito (Abramet) e do Cedatt (Conselho Estadual para Diminuição dos Acidentes de Trânsito).

 

“Dentro da nossa estratégia de promover a pilotagem mais segura possível, resolvemos apoiar o lançamento deste aplicativo, que chega para reforçar ainda mais a segurança de usuários de carros e motocicletas. Esta é mais uma das ações da marca que integram o Maio Amarelo”, explica Waldyr Ferreira, gerente geral da Triumph Motorcycles Brazil. Neste mês, por exemplo, a fabricante inglesa lançou ações como Dicas Triumph – For The Ride (vídeos de segurança produzidos pela empresa e divulgados gratuitamente, toda semana, na Internet) e o Triumph Service (evento que avalia o estado de itens de segurança das motocicletas Triumph usadas e comercializa estas peças com descontos de até 40%).

 

O App – O novo aplicativo já é capaz de contribuir para a prevenção e apresentará a funcionalidade de ligação automática de viva-voz para o número 192 aos usuários acidentados. Para utilizar o recurso, o dono do celular deve apenas baixar o aplicativo e preencher seus dados pessoais. Em caso de desaceleração brusca compatível com uma colisão a pelo menos 50 km/h, o número 192 é acionado automaticamente por uma ligação em viva voz. Com a implementação nas centrais de emergência, as equipes de regulação do SAMU e do Corpo de Bombeiros têm acesso, em tempo real, aos dados da localização do acidente e às informações pessoais da vítima, inseridas pelo usuário do aplicativo. Além disso, a tecnologia consegue prever a gravidade do acidente, através da última velocidade registrada antes da colisão.

 

A equipe responsável conta que buscou a tecnologia desenvolvida por uma start-up chilena e criou a plataforma unindo sua experiência na área médica para conectar com as centrais de urgência. A médica Adriana Mallet decidiu tomar essa iniciativa, após perder uma amiga, Anariá Recchia, que foi vítima de um atropelamento, em 16 de maio de 2016, na rua Cardeal Arcoverde, em Pinheiros, São Paulo (SP). Após a morte de Anariá, a médica percebeu que o atendimento a urgências poderia ser melhorado. Adriana conta que o socorro imediato é fundamental para salvar vidas e que qualquer minuto a mais é crítico para o paciente em acidentes graves. A médica, que é intervencionista do SAMU e coordena o Núcleo de Educação em Urgências do serviço em uma cidade no interior de São Paulo, explica que, no caso da amiga dela, o resgate demorou a ser acionado.

 

“Apesar de existir uma base do serviço de emergência na mesma rua, o veículo levou 14 minutos para chegar ao local, pois todos, na cena do acidente, se esforçaram somente em impedir que o motorista fugisse e demoraram a acionar o socorro que só foi feito por um morador de um prédio próximo”, lamenta. A médica conta que na sua rotina de trabalho também enfrenta dificuldades, pois embora a ambulância seja acionada, nem sempre quem presencia o acidente sabe passar as melhores informações ao socorro médico. “A pessoa normalmente está nervosa, passa o endereço errado ou não sabe exatamente onde está devido ao estado de choque. Isso atrasa o atendimento em minutos decisivos, nos casos de traumas graves”, comenta.

 

O sistema, já em processo de assinatura de cooperação com centrais de emergência pública no interior de São Paulo, atuará em redundância com o atual mecanismo. Com isso, os idealizadores buscam demonstrar a eficácia da tecnologia para agilizar o envio das ambulâncias e priorizar os atendimentos de maior gravidade. O Movimento Viva Anariá, criado em homenagem a Anariá Recchia, fez doações para financiar o app. “O aplicativo e as parcerias com as centrais de emergência aumentam muito as chances de um atendimento mais eficaz e, com isso, esperamos evitar que outras pessoas sintam a mesma dor que sentimos em perder alguém que amamos”, afirma Sávio Mourão Henrique, marido de Anariá.

 

A expectativa é criar parcerias para a implantação da ferramenta em serviços de emergência públicos e privados ainda em 2017, em todo o Brasil. As prefeituras interessadas podem ter acesso gratuitamente aos dados da central do aplicativo onde estarão disponíveis as ocorrências na sua cidade. Não haverá custos para as administrações municipais e estaduais – elas terão acesso a uma página na internet com login e senha onde obterão as informações coletadas pelo aplicativo, no caso de acidentes em alta velocidade.

A Triumph lança no Brasil, no próximo dia 20, um novo conceito de evento em seus concessionários: o Triumph Service. O objetivo da iniciativa é proporcionar ao cliente da marca a oportunidade de cuidar da sua segurança e da sua motocicleta gastando menos. Assim, o dia será dedicado a ações promocionais em peças, acessórios e serviços, além de muito entretenimento e informações importantes de segurança com especialistas. “O Triumph Service é uma iniciativa pioneira da marca no Brasil, que tem como principais objetivos aumentar a segurança dos clientes e também ampliar o nosso relacionamento com este público”, explica Cláudio Peruche, gerente de Pós-Vendas da Triumph Motorcycles Brazil.

 

A primeira edição do Triumph Service será realizada na concessionária Autostar (Av. Chucri Zaidan, 75), em São Paulo (SP), das 9h00 às 18h00, e incluirá descontos de até 40% em serviços, roupas, acessórios e peças. Ao chegar ao evento, o cliente será abordado pela equipe técnica da revenda, que fará um check-up completo gratuito em sua motocicleta, e ainda realizará alguns pequenos serviços, como troca de lâmpada e lubrificação da corrente sem custo. Ao final, o cliente receberá a avaliação feita pelos técnicos e saberá se algum item precisa de reparo ou substituição. Todos os reparos ou peças vendidas neste dia terão descontos especiais.

 

Em paralelo com este serviço, os profissionais da marca estarão à disposição para tirar dúvidas técnicas do público. Será realizada, ainda, uma palestra com uma médica, coordenadora de treinamento do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), com o tema Primeiros Socorros a Motociclistas. O evento também incluirá test-rides com as motocicletas Triumph e show com uma banda de rock. Na estreia do Triumph Service será inaugurada, também, a nova Carreta Stand da marca, que poderá ser utilizada para múltiplas tarefas em eventos como o Triumph Service ou o TRX Days – incluindo transporte de motocicletas e equipamentos, show-room de motos e roupas, espaço para recepção de clientes, entre outros.

Pablo Berardi, instrutor-chefe do programa TRX - Divulgação

Pablo Berardi, instrutor-chefe do programa TRX – Divulgação

A Triumph lança no Brasil, no próximo dia 2 maio (terça-feira), o projeto Dicas Triumph – For The Ride, um amplo conteúdo com mais de 30 vídeos produzidos especialmente pela montadora inglesa, abordando dicas de segurança e pilotagem sobre duas rodas e, também, aprofundando de maneira didática os diversos diferenciais tecnológicos presentes nos modelos Tiger Explorer, Tiger 800 e Street Twin.

 

O projeto será iniciado em maio justamente para reforçar o movimento Maio Amarelo, que tem como desafio chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito no mundo todo. O objetivo do Maio Amarelo é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil, com a intenção de colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade neste tema. O movimento acompanha outras iniciativas similares, como Outubro Rosa e Novembro Azul. Para a divulgação do projeto foi criada uma nova identidade visual exclusiva, com um novo logo baseado no tradicional emblema Triumph.

 

“O conteúdo produzido pela Triumph aborda, de maneira informal, temas muito importantes para a segurança do motociclista, incluindo como manobrar em baixa velocidade, frenagem com e sem ABS e como fazer um desvio de emergência, entre muitos outros”, explica o piloto Pablo Berardi, instrutor-chefe do programa Triumph Riding Experience (TRX), com mais de 20 anos de experiência na pilotagem de motocicletas, e apresentador dos vídeos.

 

Além disso, o material também aborda os principais diferenciais tecnológicos das motocicletas Triumph, mostrando como funcionam recursos sofisticados, como computador de bordo, suspensão semi-ativa, freios ABS e controle de tração, entre vários outros. Esta primeira série de vídeos será publicada nas redes sociais da Triumph (Facebook e Youtube), semanalmente. “Nosso objetivo com este projeto é contribuir com a segurança dos motociclistas e, ao mesmo tempo, dar mais visibilidade à marca Triumph e promover um maior engajamento junto ao nosso público”, afirma Gislaine Matano, gerente de Marketing da Triumph Motorcycles.

Divulgação

Divulgação

O piloto de motovelocidade Dudu Costa Neto estreia 2017 a bordo da superesportiva Triumph Daytona 675R. Com apoio da fabricante inglesa, Dudu vai disputar, entre abril e dezembro, as oito etapas do Superbike Brasil, o maior campeonato de motovelocidade das Américas e um dos cinco maiores do mundo. Consagrado piloto de motovelocidade, Dudu atua há 18 anos como profissional, tendo disputado diversas categorias no mundo da motovelocidade. Ele já foi campeão Paulista, vice-campeão Brasileiro, campeão do Moto 1000GP, vice-campeão do Mobil Pirelli Superbikes e vice-campeão das 500 milhas Brasil. Ele também já atuou, com sucesso, como consultor para outros fabricantes de motocicletas, acessórios e pneus.

 

“Estamos muito satisfeitos com esta nova parceria. Ter um piloto de prestígio associado à nossa marca e aos nossos produtos premium reforça ainda mais a qualidade e segurança das motocicletas Triumph. Este apoio ao Dudu no Superbike faz parte do conjunto de ações diferenciadas que planejamos para 2017 para promover a marca em seu quinto aniversário no Brasil”, afirma Gislaine Matano, gerente de Marketing da Triumph Motorcycles Brazil. Além de utilizar a Daytona 675R no Superbike Brasil, Dudu será parceiro da Triumph ao longo deste ano em diversas ações de marketing e relacionamento com o público da marca. Ele vai realizar, por exemplo, palestras motivacionais nas concessionárias e também em eventos especiais, como a TRX Days, lançado no ano passado.

 

Especializado em velocidade, Dudu terá com foco principal em suas apresentações o mote Lugar de acelerar é na pista, fortalecendo o conceito de que a condução da motocicleta deve sempre ser prazerosa e consciente, com a segurança em primeiro lugar. A presença de Dudu também será inserida dentro do calendário de ações do programa Triumph Riding Experience (TRX) em São Paulo (SP). ”O Dudu é um piloto com muito conteúdo e cheio de boas histórias que poderá contribuir para aumentar a experiência dos nossos clientes com a marca Triumph, além de passar muitas informações e dicas úteis paras o dia a dia com a moto. Trazer o lado da competição para a realidade dos motociclistas é sempre muito interessante”, explica Pablo Berardi, coordenador do TRX.

Triumph Street Cup - Divulgação

Triumph Street Cup – Divulgação

A Concessionária Triumph de Porto Alegre (RS) passa, a partir de agora, a ser comandada pelo Grupo Edisa, que já administra com sucesso a Concessionária de Florianópolis (SC) da fabricante inglesa. Com a mudança na direção, a Concessionária teve seu nome alterado para Triumph Edisa, mas mantem a sua operação no mesmo endereço (Avenida Ceará, 724, no bairro de São João, telefone 51-3373-7600) ocupando uma área de 650 m², com show-room e oficina completa com equipamentos e ferramentas de última geração importados da Inglaterra e capacidade para atender simultaneamente até cinco motocicletas.

 

Plena, a concessionária conta com boutique - Divulgação

Plena, a concessionária conta com boutique – Divulgação

A nova Concessionária inicia suas operações com um foco na área de pós-vendas, seguindo os passos bem-sucedidos da Triumph Floripa, inaugurada em novembro de 2013. “A Triumph Floripa é a nossa Concessionária com o maior índice de crescimento no serviço pós-vendas entre todas que atuam no País. Temos um índice interno de resposta dos clientes sobre o serviço prestado pela área de Pós-Vendas e a Concessionária de Florianópolis apresentou o maior aumento na satisfação do cliente local”, explica Triumph Edisa, gerente de Desenvolvimento de Rede da Triumph Motorcycles. “Nossa expectativa é que o Grupo Edisa desenvolva o mesmo serviço premium em Porto Alegre, aumentando ainda mais o índice de satisfação também com o nosso público da região”, acrescenta o executivo.

 

A Triumph Edisa já está comercializando a linha completa de motocicletas da marca, incluindo todos os modelos clássicos que compõem a tradicional família Bonneville. Seguindo o conceito da marca de proporcionar experiências sobre duas rodas para seus clientes, expresso no slogan For The Ride, a concessionária oferece test-rides para a maioria dos modelos vendidos no Brasil – incluindo a novíssima Street Cup. A nova linha de roupas e acessórios pessoais também já está disponível na loja.