Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Luciano Cafure
Volkswagen Caminhões amplia mercado no  Chile - Divulgação

Volkswagen Caminhões amplia mercado no Chile – Divulgação

 

Os caminhões Volkswagen renovam o transporte de bebidas no Chile. As compras da CCU (Compañía Cervecerías Unidas) totalizam 200 veículos dos modelos Delivery 8.160 e 10.160 e também Constellation 17.280 e 24.280. A empresa é uma das maiores produtoras e distribuidoras de bebidas daquele país, com operações também na Argentina e no Uruguai. O lote inicial era composto de cem unidades. Mas após a entrega das primeiras 50 unidades, o cliente atestou a vocação sob medida dos modelos para a operação de distribuição e ampliou os pedidos, somando 200 novos veículos.

 

“A boa imagem do Constellation no mercado contou pontos para a aquisição, associada ao conforto de sua cabine e aos baixos custos operacionais dos veículos, que dispensam o uso de Arla”, comenta Pablo Quiroz, responsável pelas vendas de Caminhões Volkswagen da Porsche Chile, representante oficial da marca naquele país. Os veículos circulam na região central de Santiago, capital chilena, e também nas proximidades de Viña del Mar, na região de Valparaíso, famoso ponto turístico.

 

O Chile foi o terceiro maior destino de exportações da MAN Latin America, que ampliou seus emplacamentos por lá. Em 2016, foram licenciados 592 caminhões VW, alta de 25% em relação aos 474 no ano anterior. A participação de mercado da fabricante também cresceu, passando de 4,6% para 5,3% no mesmo período, resultado importante para a internacionalização da marca Volkswagen Caminhões e Ônibus.

 

Chile foi o terceiro maior destino de exportações da MAN Latin America - Divulgação

Chile foi o terceiro maior destino de exportações da MAN Latin America – Divulgação

 

“Reconquistar um cliente estratégico e um forte formador de opinião como a CCU foi sem dúvida um grande passo na consolidação da nova linha Euro 5 no Chile, o que nos trará boas perspectivas de vendas para 2017”, afirma Luciano Cafure, gerente executivo de Operações de Exportação da MAN Latin America.

 

Estreias de peso – A MAN Latin America já embarca sua exclusiva tecnologia de pós-tratamento de emissões aos países da região que adotaram as normas Euro 5. Dentre seus diferenciais está o portfólio de caminhões composto de motorização MAN D08 e sistema EGR, que dispensa o uso de Arla. “A MAN Latin America desenvolve modelos sob medida para as mais diversas aplicações, sempre com soluções que primam pelo melhor desempenho. Daí a razão de combinarmos as ofertas de veículos com os sistemas EGR e SCR”, destaca Cafure.

 

No caso específico do VW Constellation 17.280 é o grande sucesso nas vendas, conta com o motor MAN D08 com tecnologia EGR, alta performance, conforte e baixo consumo de combustível. O veículo está preparado para carrocerias rebaixadas para bebida ou convencionais com até dez pallets.

 

Na versão vocacional Distributor, o modelo já vem preparado com itens específicos para atender ao setor, como suspensão traseira com eixo reforçado e molas curtas reposicionadas, cardã adicional já fixado no chassi, preparação para alongamento do chicote elétrico para o rebaixamento do chassi, além de sistema de exaustão com o escapamento reposicionado, evitando interferência com o chassi.

A indústria de caminhões e ônibus vive a pior crise de vendas das últimas décadas - Divulgação

A indústria de caminhões e ônibus vive a pior crise de vendas das últimas décadas – Divulgação

 

A MAN Latin America, fabricante dos veículos comerciais das marcas Volkswagen e MAN, apresentou as ações que integram uma nova fase da empresa. No ano em que a montadora comemora seus 35 anos de existência e os 20 anos de inauguração de sua fábrica em Resende (RJ), a MAN Latin America lança o slogan Vire a Chave numa ampla campanha interna de otimismo e retomada do crescimento de seus negócios, que começou entre os colaboradores, rede de concessionários e importadores. O próximo passo é dar conhecimento a clientes e demais formadores de opinião sobre as primeiras conquistas dessa iniciativa.

 

“O momento é grave. A indústria de caminhões e ônibus vive a pior crise de vendas das últimas décadas. Os volumes retrocederam aos do século passado, e o mercado brasileiro encolheu em 70% desde 2011. Por isso, precisamos agir: promovemos os ajustes necessários a este novo momento, e com a parceria de todos os envolvidos em nosso modelo de negócio, renovamos nosso compromisso de oferecer produtos sob medida a mais de 30 países da América Latina e África. Queremos virar a chave para retomar o crescimento”, diz Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America.

 

Só as primeiras ações na nova fase da MAN Latin America permitem falar de negócios, fechados e potenciais, de mais de 1.200 unidades. No Brasil, a busca por novos negócios vem sendo intensificada graças a novas ferramentas como o Leasing Operacional, produtos vocacionais e sob medida, além de mais foco no agronegócio. Lá fora, a África ainda oferece oportunidades em países como Nigéria e Angola, com possibilidades de expansão rumo ao oeste do continente. No mercado mexicano, mais maduro, aumenta a procura pelos produtos Volkswagen e MAN.

 

Com R$ 400 milhões a serem investidos no Brasil até 2017 (parte dos R$ 1 bilhão confirmados a partir do ano de 2012), a montadora segue trabalhando no desenvolvimento de novos produtos, destinados a nichos inexplorados do mercado. E já tem pronto um cronograma de entrega de obras para dinamizar seu parque industrial e assistência pós-vendas. Ainda em 2016, estão previstas as entregas da primeira pista de testes de rodagem do Grupo Volkswagen na América Latina e do primeiro dinamômetro para testes de motores em Resende (RJ), e do novo Centro de Treinamento para a qualificação da rede e de clientes em São Bernardo do Campo (SP).

 

Entre as novidades em sua estrutura, Leandro Siqueira é o novo diretor de Desenvolvimento do Produto e Gerenciamento de Portfólio. Ele substitui Gastão Rachou, que se aposenta após participar de importantes projetos da MAN Latin America. Na área de Vendas, Marketing e Pós-Vendas, Antonio Cammarosano passa a cuidar exclusivamente dos negócios de caminhões Volkswagen e MAN, enquanto Jorge Carrer é agora o responsável por vendas de chassis de ônibus Volksbus, ambos se reportando diretamente a Ricardo Alouche. Na área de Vendas para mercados internacionais, Luciano Cafure é o novo executivo, que se reporta a Marcos Forgioni. O objetivo de todas essas mudanças é agilizar processos e concentrar-se ainda mais nas necessidades e desejos do cliente final.