Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: caminhões Volkswagen
Constellation 25.420 V-Tronic, agora disponível para leasing operacional - Divulgação

Constellation 25.420 V-Tronic, agora disponível para leasing operacional – Divulgação

 

O mercado pediu e a MAN Latin America atendeu: o leasing operacional já está disponível para os caminhões Volkswagen, com o ingresso do Constellation 25.420 V-Tronic ao portfólio. Pioneira na oferta de caminhões por meio de leasing operacional, com os extrapesados MAN TGX, a MAN Latin America oferece a modalidade para o cavalo mecânico já a partir deste mês.

 

Criado em parceria com o Banco Volkswagen, o leasing operacional oferece inúmeras vantagens: parcelas mensais fixas até 30% inferiores às do Finame e sem entrada, além de prestações mensais sem correção até o fim do contrato, com duração de 36, 48 e 60 meses de acordo com a necessidade do cliente. Após esse período o cliente não precisa se preocupar com a revenda do usado, já que pode financiar o veículo pelo valor de mercado ou devolvê-lo e contratar um novo leasing. Dessa forma ele pode sempre operar com caminhões novos, melhorando a disponibilidade da frota e os custos operacionais. Trata-se de uma solução completa, que não gera preocupações nem surpresas.

 

“Após o sucesso do leasing operacional para a linha MAN, ampliamos nosso portfólio para oferecer ao cliente VW uma ferramenta moderna e inovadora de investir em seus negócios, que traz não apenas uma nova experiência no modo de financiar seu caminhão como cuidar de sua manutenção e serviços”, afirma Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da MAN Latin America.

 

A mensalidade do leasing operacional é considerada como uma despesa de aluguel pelo cliente e o caminhão não faz parte dos seus ativos. Ou seja, a operação não impacta sobre os seus índices financeiros. Além disso, as companhias que operam com regime de lucro real, sobre o qual incide o imposto de renda, podem utilizar o valor integral da parcela para deduzir a base do PIS/COFINS.

 

O leasing operacional está disponível também para os modelos MAN TGX 28.440, TGX 29.440 e TGX 29.480. E no pagamento mensal estão inclusas, ainda, a manutenção completa – corretiva e preventiva -, e os custos com documentação, emplacamento e IPVA.

 

Divulgação

Divulgação

VW Constellation 25.420 V-Tronic – O cavalo mecânico Constellation 25.420 V-Tronic, com tração 6×2, é destinado ao transporte de cargas em aplicações rodoviárias utilizando semirreboques de até três eixos espaçados, com PBTC até 53 toneladas.

 

Equipado com a exclusiva transmissão automatizada V-Tronic de série, que combina o baixo custo de manutenção de uma caixa de câmbio manual, com a facilidade da mudança automática de marchas, proporcionando conforto, maior produtividade do motorista e economia na operação. Seu motor é o Cummins ISL 9 litros de 420 cavalos de potência e torque máximo de 1.850 Nm.

A configuração V-Tronic é uma aliada do motorista, pois reduz o esforço ao volante, e também do transportador - Divulgação

A configuração V-Tronic é uma aliada do motorista, pois reduz o esforço ao volante – Divulgação

 

A transmissão automatizada V-Tronic, disponível para os cavalos mecânicos Volkswagen a partir de 330 cv, é referência de desempenho e economia Brasil afora. O Grupo Ultra, sediado em Maceió (AL), atestou a qualidade e o conforto do VW Constellation 19.330 Titan automatizado e agora acaba de comprar mais onze caminhões: dois VW Constellation 19.330 Titan e nove VW Constellation 19.360, todos V-Tronic.

 

A empresa produz e distribui itens de plástico descartáveis, tais como copos, bandejas, talheres, dentre outros, na região Nordeste. De olho nas oportunidades de crescimento, está diversificando seus produtos e expandindo o campo de atuação rumo ao Sul do país.

 

“Vamos ampliar nossa produção em 30% este ano e por isso decidimos aumentar nossa frota com a Volkswagen. São caminhões que não dão problema, têm excelente rendimento, baixo custo de manutenção e contam com excelente pós-vendas. Esses fatores chamam a atenção na hora de investir”, destaca Antonio Ademir Torres, gerente de Transporte e Logística da Ultra Serviços de Transporte, braço logístico do Grupo Ultra.

 

Torres afirma que a redução no consumo de combustível dos modelos automatizados pode chegar a 10% frente aos modelos manuais. “Varia muito de acordo com o perfil do motorista e da rota, mas há ganhos. Além disso, a concessionária Novo Mundo acompanha de perto a nossa operação, prestando todo o suporte para tirarmos o melhor proveito da frota.”

 

De acordo com o gerente o conforto da transmissão automatizada foi outro ponto fundamental para a escolha. “Nossos caminhões rodam até 25 mil quilômetros por mês, em média, e os motoristas passam cerca de quatro dias em viagem. Por isso optamos pelos caminhões V-Tronic, que conferem mais comodidade e menor desgaste físico do colaborador”. Os componentes do trem de força também são preservados, aumentando a vida útil de itens como motor, transmissão e embreagem.

 

A MAN Latin America oferece o maior portfólio de caminhões automatizados do Brasil, uma tendência na indústria automotiva. Desde semipesados a extrapesados, a fabricante assegura opções aos clientes que buscam uma alternativa econômica e eficiente. Lançados há pouco mais de um ano, os modelos Constellation 19.330 Titan V-Tronic e Constellation 19.360 V-Tronic são destaques.

 

“A configuração V-Tronic é uma aliada do motorista, pois reduz o esforço ao volante, e também do transportador, já que preserva os componentes do veículo, reduz gastos da operação e aumenta a disponibilidade do caminhão”, comenta Antonio Cammarosano, diretor de Vendas – Mercado Nacional da MAN Latin America.

 

Divulgação

Divulgação

 

VW Constellation 19.330 Titan V-Tronic – Com PBT de 17,1 toneladas, o modelo tem motor Cummins ISL de 334 cv e 1.450 Nm, o maior torque de sua categoria, e conta com a transmissão V-Tronic ZF 16AS 2230 TD, de 16 marchas como opcional. Para elevar sua autonomia e disponibilidade na estrada, o veículo conta ainda com dois tanques de combustível de 275 litros cada, totalizando 550 litros. O Constellation 19.330 Titan é extremamente versátil. Entre suas principais aplicações, estão como basculante, carga seca, container, furgão, frigorífico, graneleiro, plataforma carrega tudo, sider, tanque e transporte de carga viva e de veículos.

 

VW 19.360 V-Tronic – A grande competitividade no transporte de cargas no mercado brasileiro gerou a necessidade de aumento da velocidade média dos caminhões rodoviários. Este é o papel dos cavalos mecânicos VW Constellation 19.360, que contribuem para a maior produtividade na operação elevando os ganhos do frotista, que não perde uma viagem.

 

Indicados para composições de semirreboques com até três eixos convencionais e 1 + 2 (“Argentina”), com PBTC de até 45 toneladas (19.360), e espaçados (Vanderléia) com PBTC até 53 toneladas (25.360), os veículos estão equipados com motor Cummins ISL de 362 cavalos e 1600Nm. Ágeis e versáteis, atendem a diversas aplicações, com destaque para carga seca, furgão frigorífico, sider, tanque, entre outras. A transmissão automatizada V-Tronic ZF 16AS 2230 TD tem sistema Easy Start, que auxilia a partida do caminhão em rampa.

Volkswagen Caminhões amplia mercado no  Chile - Divulgação

Volkswagen Caminhões amplia mercado no Chile – Divulgação

 

Os caminhões Volkswagen renovam o transporte de bebidas no Chile. As compras da CCU (Compañía Cervecerías Unidas) totalizam 200 veículos dos modelos Delivery 8.160 e 10.160 e também Constellation 17.280 e 24.280. A empresa é uma das maiores produtoras e distribuidoras de bebidas daquele país, com operações também na Argentina e no Uruguai. O lote inicial era composto de cem unidades. Mas após a entrega das primeiras 50 unidades, o cliente atestou a vocação sob medida dos modelos para a operação de distribuição e ampliou os pedidos, somando 200 novos veículos.

 

“A boa imagem do Constellation no mercado contou pontos para a aquisição, associada ao conforto de sua cabine e aos baixos custos operacionais dos veículos, que dispensam o uso de Arla”, comenta Pablo Quiroz, responsável pelas vendas de Caminhões Volkswagen da Porsche Chile, representante oficial da marca naquele país. Os veículos circulam na região central de Santiago, capital chilena, e também nas proximidades de Viña del Mar, na região de Valparaíso, famoso ponto turístico.

 

O Chile foi o terceiro maior destino de exportações da MAN Latin America, que ampliou seus emplacamentos por lá. Em 2016, foram licenciados 592 caminhões VW, alta de 25% em relação aos 474 no ano anterior. A participação de mercado da fabricante também cresceu, passando de 4,6% para 5,3% no mesmo período, resultado importante para a internacionalização da marca Volkswagen Caminhões e Ônibus.

 

Chile foi o terceiro maior destino de exportações da MAN Latin America - Divulgação

Chile foi o terceiro maior destino de exportações da MAN Latin America – Divulgação

 

“Reconquistar um cliente estratégico e um forte formador de opinião como a CCU foi sem dúvida um grande passo na consolidação da nova linha Euro 5 no Chile, o que nos trará boas perspectivas de vendas para 2017”, afirma Luciano Cafure, gerente executivo de Operações de Exportação da MAN Latin America.

 

Estreias de peso – A MAN Latin America já embarca sua exclusiva tecnologia de pós-tratamento de emissões aos países da região que adotaram as normas Euro 5. Dentre seus diferenciais está o portfólio de caminhões composto de motorização MAN D08 e sistema EGR, que dispensa o uso de Arla. “A MAN Latin America desenvolve modelos sob medida para as mais diversas aplicações, sempre com soluções que primam pelo melhor desempenho. Daí a razão de combinarmos as ofertas de veículos com os sistemas EGR e SCR”, destaca Cafure.

 

No caso específico do VW Constellation 17.280 é o grande sucesso nas vendas, conta com o motor MAN D08 com tecnologia EGR, alta performance, conforte e baixo consumo de combustível. O veículo está preparado para carrocerias rebaixadas para bebida ou convencionais com até dez pallets.

 

Na versão vocacional Distributor, o modelo já vem preparado com itens específicos para atender ao setor, como suspensão traseira com eixo reforçado e molas curtas reposicionadas, cardã adicional já fixado no chassi, preparação para alongamento do chicote elétrico para o rebaixamento do chassi, além de sistema de exaustão com o escapamento reposicionado, evitando interferência com o chassi.