Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Category: Aviação
  A Embraer apresentou terça-feira (7), em São José dos Campos, a maior aeronave da segunda geração da família de E-Jets e também o mais eficiente avião comercial do mundo para rotas domésticas: o E195-E2. Com voo inaugural previsto para os próximos meses, o jato deverá entrar em serviço no primeiro semestre de 2019.   “O E195-E2 tem potencial de mudar significativamente o perfil de frota das companhias aéreas em todo o mundo. Tendo custo por viagem 20% menor e custo por assento similar ao de aviões maiores, o E195-E2 torna-se o avião ideal tanto para crescimento de empresas regionais como complementação de frota de empresas de baixo custo e de linhas principais”, disse John Slattery, presidente & CEO, Embraer Aviação Comercial.   O E195-E2 tem três fileiras a mais de assentos quando comparado ao E195 da atual geração, podendo ser configurado com 120 lugares em duas classes de serviço, ou até 146 em classe única. A aeronave também tem aumento Continue lendo [...]
  O tempo e o dinheiro são duas coisas que não podem ser desperdiçadas nos dias de hoje. Perder um, é perder o outro logo em seguida. São muitos os compromissos agendados em apenas um dia e em diferentes cidades, estados e países. Nesse caso, depender de voos comerciais é sentir na prática que tempo é dinheiro. Uma conta rápida demonstra o tamanho do custo para uma empresa. Um executivo que ganha o valor de R$200/hora pode ter um impacto de R$760 a cada hora que ele está parado no aeroporto aguardando o voo. Outros custos também podem ser somados: tempo de escala em aeroportos, troca de aeronaves, itinerário pouco flexível.   No entanto, muitas empresas ainda descartam o voo executivo por deduzir que será muito mais caro do que deixar um de seus executivos três horas parado em um aeroporto. Este é um erro comum, pois a falta de informação faz acreditar que esta é a melhor opção, quando na verdade ela é a mais cara, somando todos os custos tangíveis e intangíveis. Continue lendo [...]
  O início da acrobacia aérea no Brasil se deu após a primeira guerra mundial, pois durante a guerra os pilotos treinavam manobras evasivas para fugir do inimigo dentro do combate. Com o fim da primeira guerra, os pilotos criaram um grupo de amigos para se apresentarem para o público. Em 1952 surgiu a chamada Esquadrilha da Fumaça, nome popular do Esquadrão de Demonstração Aérea, um órgão militar formado por um grupo de pilotos e mecânicos da Força Aérea Brasileira que fazem demonstrações de acrobacias aéreas pelo Brasil e pelo mundo. A acrobacia aérea no Brasil por muitos anos foi vista como uma atividade voltada apenas para praticantes da modalidade radical, restrita a um grupo seleto de pilotos, porém a Villela Aero Sports, pioneiro no Brasil tem mudado este conceito.   O empresário paranaense José Villela Kandrotas, com mais de 30 anos de história na aviação brasileira, iniciou como piloto agrícola, e após longa experiência resolveu empreender e fundou Continue lendo [...]
O impacto da crise financeira e da disparada do dólar sobre as vendas de jatos e helicópteros executivos tem sido revertido no Prime Fraction Club – empresa pioneira no compartilhamento de bens de luxo – graças às condições financeiras, que incluem negócios com base na cotação do dólar a partir de R$ 3,40 e taxas de financiamento a partir de 3,5% ao ano –, além dos próprios benefícios do sistema de cotas oferecido pela empresa. Em 2015, o Prime Fraction Club registrou uma procura em torno de 16% maior, por parte de interessados em adquirir uma cota das aeronaves administradas pela empresa, graças às vantagens do sistema propriedade compartilhada de aeronaves, em comparação à propriedade exclusiva do bem.   Com o objetivo de acelerar ainda mais a procura, o Prime congelou para algumas unidades a cotação do dólar a partir de R$ 3,40 e oferece taxas de financiamento a partir de 3,5% ao ano, dependendo do modelo da aeronave. “São condições financeiras que Continue lendo [...]
O HondaJet, jato executivo mais avançado do mundo e também batizado como o Civic com Asas, faz sua primeira aparição pública na América do Sul durante a Labace 2015 (sigla em inglês de Latin American Business Aviation Conference & Exhibition ou Conferência Latino-Americana de Aviação Executiva e Exibição, em português), maior evento de aviação comercial da América do Sul, que acontece de 11 a 13 de agosto no aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP). O HondaJet foi recebido com grande entusiasmo por usuários de jatos executivos, o que já resultou em encomendas no primeiro dia de exposição.   “Estamos muito satisfeitos com a pronta resposta ao HondaJet pelos consumidores na América do Sul”, diz o Presidente e CEO da Honda Aircraft, Michimasa Fujino. “Além de já recebermos encomendas, muitos outros visitantes expressaram interesse no HondaJet durante o primeiro dia da Labace, impressionados com o conforto, eficiência em consumo de combustível, desempenho Continue lendo [...]
A Global Aviation apresentou sábado (13)  mais uma nova base: o hangar no Aeroporto Bertram Luiz Leupolz, em Sorocaba. A quarta cidade mais populosa do interior de São Paulo atraiu o olhar da companhia pela localização estratégica, além do excelente clima e visibilidade. Os 4,6 mil metros quadrados de área construída têm capacidade para abrigar 17 aeronaves na parte interna e mais dez no pátio externo e, além de hangaragem, reunirá serviços de atendimento de pista, administração de aeronaves, transporte aeromédico, propriedade compartilhada, venda e aquisição de aeronaves e táxi aéreo para voos nacionais e internacionais.  Em comemoração aos 20 anos de atuação, com a bagagem de mais de 60 milhões de quilômetros voados, no Brasil e no exterior, e média de 25 voos diários junto a mais de 15 mil clientes atendidos, a empresa afirma que a busca por expansão geográfica em pontos estratégicos do País é mais um passo para manter-se à frente. “Sempre priorizamos Continue lendo [...]
A Honda Aircraft Company anunciou que o modelo de testes do HondaJet completou com sucesso seu primeiro voo na sede mundial da companhia em Greensboro (EUA). Com essa conquista, o projeto HondaJet se aproxima da fase final de testes para a obtenção da certificação da Federal Aviation Administration (FAA), órgão responsável pela regulamentação da aviação civil nos Estados Unidos.   Segundo o presidente da Honda Aircraft Company, Michimasa Fujino, o modelo da aeronave utilizada nos testes é idêntico ao que será comercializado. O HondaJet terá preço de US$ 4,5 milhões e seu design incorpora tecnologias e conceitos avançados que o tornam o jato mais rápido, espaçoso e com maior eficiência energética de sua categoria.   O HondaJet  possui diversas inovações tecnológicas que o fazem dele o avião mais rápido, que voa à maior altitude e o que possui o melhor consumo em sua categoria. Ele incorpora em seu projeto diversas inovações tecnológicas, como o exclusivo Continue lendo [...]
  Criar um sucesso de vendas, oferecendo um produto que atenda aos anseios do consumidor, conforto, muita tecnologia de ponta embarcada e preço competitivo, para disputar uma faixa de mercado exigente. Foi assim que a Bell, que tem tradição no mercado de SLS (sigla de Short Light Single, em inglês) desenvolveu, em conjunto com a TAM Aviação Executiva, uma nova aeronave que deve ganhar os céus em 2014. Ela foi batizada como 206 e, certamente, vai agradar consumidores privados e corporativos.   “Há 50 anos, desenvolvemos o Bell 206 JetRanger. Até o momento, já produzimos cerca de 7.400 unidades do Bell 206 e mais de 4.400 se mantém em serviço”, afirma John Garrison, presidente e CEO da Bell Helicopter. De acordo com Garrison, o mercado demandava outro modelo. “Precisávamos de uma nova e moderna aeronave com cinco lugares para atender aos requisitos de clientes privados, de treinamento e de forças de segurança pública".   O novo short light single monomotor Continue lendo [...]

mpexo

  • This site is proudly listed as a mobile blog on mpexo.