Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Archive for outubro, 2015
Cercado de cuidados, Circuito dos Cristais poderá ser referência entre autódromos nacionais  - Divulgação

Cercado de cuidados, Circuito dos Cristais poderá ser referência entre autódromos nacionais – Divulgação

 

A equipe Orange BH KTM, em parceria com o Trail Clube de Minas Gerais (TCMG), terminou no último sábado (24) o levantamento da Trilha dos Cristais. Um circuito fechado de Cross Country com extensão de quase 8 km, que irá fazer parte do complexo de pistas para a prática de esportes a motor e Mountain Bike, que tem como âncora o primeiro Autódromo Internacional de Minas Gerais. A arena está sendo construída em Curvelo (MG), cidade localizada a 160 km de Belo Horizonte.

 

Ao todo seis pilotos participaram da ação entre eles, os campeões da atual temporada do Enduro brasileiro, o estadosunidense Ian Blythe e o mineiro de Barão de Cocais Rigor Rico. O presidente do TCMG, Gustavo Jacob, liderou a missão e ficou impressionado com o local. “É incrível, o terreno é muito propício para a prática off-road, tem de tudo, pedras, mata fechada, trechos de alta e baixa velocidade e um visual maravilhoso, ficamos encantados”, disse o dirigente.

 

Essa foi a segunda pista off-road que ficou pronta no Circuito dos Cristais. A primeira possui extensão de 3,3 km destinada para carros de Rally, UTV´s, quadriciclos, autocross e até motocicletas. Paralelo ao Cross Country dos Cristais a TecRacing, empresa proprietária do empreendimento, está levantando uma pista exclusiva para bicicletas.

 

Levantamento da Trilha dos Cristais, pilotos da Orange BH e TCMG participaram do levantamento da pista - Divulgação

Levantamento da Trilha dos Cristais, pilotos da Orange BH e TCMG participaram do levantamento da pista – Divulgação

Segundo o estadosunidense Ian Blythe, o Circuito dos Cristais é um lugar bastante legal e lembra algumas das melhores arenas dos Estados Unidos. “É realmente muito divertido, a pista ficou bacana, bem parecida com algumas pistas do oeste norte-americano. Encontramos vias muito boas, terrenos variados e a pista de motovelocidade, essa nem se fala, algo realmente espetacular, vou querer correr aqui”, revelou Blythe. Rigor Rico também ficou surpreso quando deparou com a grandiosidade de todo o projeto. “É um lugar dos sonhos. Vai agradar os amantes das duas e quatro rodas. Eu não esperava que fosse dessa imensidão e em um lugar tão bacana, com trilhas diversificadas, ficou muito bom”, disse o mineiro.

 

O levantamento da Trilha dos Cristais com uma equipe tão especializada e competente reforça o compromisso da TecRacing com os associados do Clube Casa de Pista, que está localizado dentro do complexo esportivo e já possui mais de 120 associados. É o que afirma Alfredo Rodrigues, diretor da empresa e engenheiro responsável. “Mais uma etapa cumprida com excelência dentro do nosso cronograma. A partir de março de 2016 os associados poderão desfrutar da pista principal de asfalto e das trilhas e traçados off-road que estamos concluindo”, disse Rodrigues.

 

Com acesso fácil pelos quatro cantos do Brasil e área total de 4 milhões de m2, o Circuito dos Cristais tem atraído associados de vários estados para o Clube Casa de Pista. Além do circuito asfaltado, o sócio poderá também usufruir de circuitos e trilhas para a prática off-road.

Segundo na tabela de tempos, Victor Corrêa saí à frente de Woodward, seu concorrente direto ao título - Divulgação

Segundo na tabela de tempos, Victor Corrêa saí à frente de Woodward, seu concorrente direto ao título – Divulgação

 

O brasileiro Victor Corrêa mostrou que está realmente preparado para brigar pelo seu segundo título de campeão do Radical Masters Euroseries. No primeiro treino livre para a última rodada tripla da temporada 2015, realizado na manhã desta sexta-feira (30/10) em Barcelona (Espanha), ele dominou a prática até faltar 30 segundos para o encerramento, quando o inglês James Swift baixou o seu tempo. Apesar de ficar com a segunda marca, o seu concorrente direto e líder do certame Terrence Woodward (Inglaterra) foi o sexto mais rápido.

 

“Fiquei satisfeito. O carro está em ordem e andamos bem com os mesmos pneus que usamos na última corrida. Para o (James) Swift me passar ele teve que usar um jogo de pneus novos no final do treino, o que acaba sendo uma boa referência”, confia o vice-líder do campeonato. Swift foi cronometrado em 1min45s773, 0s567 mais rápido que o mineiro, que estabeleceu 1min46s390.

 

Vencedor de três das 13 provas disputadas, e sem chances de brigar pelo título por estar apenas na sétima posição do campeonato, Swift foi o mais rápido no teste extra, realizado na quinta-feira, e novamente o melhor agora no treino livre oficial. Mesmo sendo companheiro de equipe da dupla compatriota Terrence Woodward/Ross Kaiser, Victor não acredita que isto possa atrapalhar os seus planos de conseguir o segundo título de campeão na categoria dos rápidos protótipos.

 

“Acho que não tem nada a ver (o sétimo tempo de Woodward). Eu suponho que ele está fazendo o trabalho dele e vai querer vencer as corridas. Pode ser até melhor pra mim, pois vai me estimular a ser mais rápido do que ele e acabará me puxando mais pra frente”, acredita o brasileiro campeão em 2013.

 

Ainda nesta sexta-feira vai ser cumprido mais um treino livre (11h10), com uma hora de duração, que será a última oportunidade para o mineiro de Alfenas ajustar o seu Radical SR8 para a classificação, que acontece na manhã (6 horas) de sábado, poucas horas antes da primeira corrida (9 horas).

 

“Neste treino vamos passar um jogo de pneus novos para vermos em que nível estamos. Por enquanto está tudo caminhando bem para fazermos o melhor possível”, apontou o piloto mais rápido do campeonato, com cinco pole positions e o mesmo número de voltas mais rápidas nas 13 provas disputadas.

 

Com 125 pontos em jogo, o brasileiro precisa somar 35 pontos a mais do que Terrence Woodward/Ross Kaiser após as três corridas do final de semana para comemorar o seu segundo título. Os ingleses têm 365, enquanto Victor Corrêa soma 331 pontos.

 

Os mais rápidos no primeiro treino livre na sexta-feira em Barcelona foram:

1) James Swift (Inglaterra), 1min45s773

2) Victor Corrêa (Brasil), 1min46s390

3) James Abbott (Inglaterra), 1min48s276

4) John Corbett (Austrália), 1min48s779

5) Jaap Bartels (Holanda), 1min48s969

6) Terrence Woodward (Inglaterra), 1min49s590

7) Ozzy Yusuf (Inglaterra), 1min50s818

8) Alain Costa (Mônaco), 1min50s821

9) Andy Cummings (Inglaterra), 1min50s858

10) Riccardo Dona (Suiça), 1min51s169

 

Cronograma do Radical European Master Championship (horário de Brasília):

Sexta-feira – 30/10

11h10 à 12h10 – Segundo treino livre

Sábado – 31/10

6h00 à 6h35 – Classificação

9h00 – 14ª etapa – 1 hora

Domingo – 1º/11

7h35 – 15ª etapa – 1 hora

12h30 – 16ª etapa – 1 hora

 

Pontuação dos 15 primeiros da Radical Masters Euroseries após 13 etapas:

1) Terrence Woodward/Ross Kaiser (Inglaterra), 365 pontos

2) Victor Corrêa (Brasil)/John Harris (Inglaterra), 331

3) Alain Costa (Mônaco), 292

4) Jaap Bartels (Holanda)/Stuart Moseley (Inglaterra), 267

5) Manhal Allos (Inglaterra), 255

6) Jeremy Ferguson/Andrew Ferguson (Inglaterra), 195

7) James Swift (Inglaterra), 179

8) Chris Hyman (África do Sul)/Alex Mortimer (Inglaterra), 176

9) Chris Hoy (Inglaterra), 154

10) Jamie Patterson /Alex Kapadia (Inglaterra), 151

11) James Abbott (Inglaterra), 121

12) Jean Gandar (França), 105

13) Philippe Muffat/Johan Scheier (França), 81

14) Ozzy Yusuf (Inglaterra), 49

15) John Corbett/Jamie Winslow (Austrália), 48 pontos

Fonte: Organização

 

Acompanhe a cronometragem online de todos os treinos e corridas.

Serão expostas motos de época e carros das marcas Chrysler, Dodge, RAM, Imperial, DeSoto e Plymouth - Divulgação

Serão expostas motos de época e carros das marcas Chrysler, Dodge, RAM, Imperial, DeSoto e Plymouth – Divulgação

 

Na próxima terça-feira, 03 de novembro, o Auto Show Collection receberá uma exposição de motocicletas antigas e de clássicos da linha Chrysler no sambódromo do Anhembi, das 18h às 23h. O evento, que está em sua 13a temporada, reúne aficionados por veículos antigos e especiais nas noites de terça-feira.

 

O Auto Show Collection reunirá motos clássicas como a Honda 750, as clássicas 450 dos anos 1980, Yamaha RD350, uma série de Lambretas e motocicletas importadas dos estilos Cafe Racer, Bratstyle, Custom entre outras.

 

Na exposição da linha Chrysler, o evento abrirá espaço para todos os modelos das marcas Dodge, RAM, Imperial, DeSoto e Plymouth, com espaço para os lendários Dodges nacionais fabricados no país entre 1969 e 1981.

 

A exposição também terá veículos antigos com placa preta na pista do sambódromo, além da área de veículos customizados, mercado de peças com 50 tendas que oferecem produtos ligados ao mundo dos automóveis além de peças e acessórios, e uma praça de alimentação com Food Trucks que tem se tornado um dos destaques do evento.

 

O sambódromo conta com estacionamento, área de exposição, banheiros, segurança, iluminação, rádio-feira e praça de alimentação. A programação completa do Auto Show Collection está disponível no site oficial do evento www.autoshowcollection.com.br

 

Serviço:

Auto Show Collection

Local: Sambódromo de SP

Av. Olavo Fontoura, 1209 (entrada pelo portão 23 )

Toda terça das 18h às 23h

 

Serviços: área de exposição, mercado de peças, praça de alimentação, área de Food Trucks (Auto Show Food Park), área de compra e venda de veículos antigos e importados, música ao vivo e rádio feira.

 

Preços: Carro visitante R$ 40; Carro antigo com placa preta R$ 30; Motocicleta R$ 25; Passageiro no carro além do motorista +R$ 10; Pedestre R$ 25 (meia Entrada para Crianças de 07 a 12 anos, pessoas com necessidades especiais de locomoção e idosos)

 

Para mais informações visite o site do organizador

Começou quente a briga pelo título de campeão da temporada 2015 do Radical Masters Euroseries. No treino extra realizado nesta quinta-feira (29/10) o brasileiro Victor Corrêa (Unifenas), que ocupa a segunda colocação no campeonato ficou com o terceiro tempo, logo atrás do inglês Terrence Woodward, o ponteiro. O mais rápido foi o inglês James Swift, da mesma equipe do líder do certame e vencedor de três provas. A rodada tripla final será disputada neste sábado (31/10) e domingo (1º/11) em Barcelona, na Espanha.

 

“Foi um bom início. Como a equipe desmontou todo o carro e fizeram uma revisão completíssima, o meu banco, pedaleira e volante estavam fora de posição, pois cheguei na Espanha minutos antes do teste. Como eu andei só nos dez minutos finais, não vesti o carro neste treininho. Além disto, ele estava saíndo de traseira, principalmente no segundo setor. Então, as perspectivas para os treinos livres de amanhã são muito boas”, anima-se Victor, que ficou a apenas 59 milésimos de segundo de seu grande adversário. “Mesmo com estes probleminhas, se todos os meus melhores setores tivessem se encaixado eu teria virado alí em 1min47s80″, emendou. Swift foi cronometrado em 1min48s133.

 

Na sexta-feira (30) serão realizados dois treinos livres, cada um com uma hora de duração, para que todos os pilotos possam fazer os acertos necessários para a classificação, que acontece na manhã de sábado, poucas horas antes da primeira corrida.

 

“Amanhã (sexta-feira) devo começar a andar já bem posicionado no cockpit, o que permitirá que eu fique mais preciso e confiante. Também já tenho uma boa ideia do que mudar no acerto da suspensão para melhorar no setor do meio. No primeiro eu já sou o mais rápido e falta um pouquinho no terceiro setor para eu baixar bastante o tempo”, confia o mineiro de Alfenas (MG)s.

 

Depois de ter conquistado o título de Campeão Europeu de Radical em 2013, justamente em Barcelona, Victor Corrêa voltou para a categoria nesta temporada e pode repetir o feito no domingo na cidade catalã. Com 125 pontos em jogo, o brasileiro precisa somar 35 pontos a mais do que os ingleses Terrence Woodward/Ross Kaiser, que tem 365, enquanto ele soma 331 pontos.

 

“Estou contente em estar disputando novamente o título, ainda mais contra estes pilotos experientes, que tem todo o meu respeito e fizeram por merecer estar onde estão. Mas deixo a pressão sobre a dupla da ponta e se Deus quiser vou comemorar outro título no Brasil”, avisa o piloto.

 

Piloto mais rápido do campeonato, com cinco pole positions e o mesmo número de voltas mais rápidas nas 13 provas disputadas, Victor Corrêa tem ainda a seu favor a regularidade, pois deixou de pontuar em apenas uma etapa. Nesta rodada final o brasileiro estará correndo pela segunda em dupla com o jovem inglês Paddy MacClughan.

 

Os mais rápidos nesta quinta-feira em Barcelona foram:

1) James Swift (Inglaterra), 1min48s133

2) Terrence Woodward (Inglaterra), 1min48s429

3) Victor Corrêa (Brasil), 1min48s488

4) James Abbott (Inglaterra), 1min49s061

5) Jean Gandar (França), 1min49s677

6) Marcello Marateotto (Itália), 1min49s872

7) John Corbett (Austrália), 1min50s733

8) Jeremy Ferguson (Inglaterra), 1min50s915

9) Ozzy Yusuf (Inglaterra), 1min51s538

10) Riccardo Dona (Suiça), 1min52s170

Fonte: Organização

 

Cronograma do Radical European Master Championship (horário de Brasília):

Sexta-feira – 30/10

6h40 às 7h40 – Primeiro treino livre

11h10 às 12h10 – Segundo treino livre

Sábado – 31/10

6h00 às 6h35 – Classificação

9h00 – 14ª etapa – 1 hora

Domingo – 1º/11

7h35 – 15ª etapa – 1 hora

12h30 – 16ª etapa – 1 hora

 

Pontuação dos 15 primeiros da Radical Masters Euroseries após 13 etapas:

1) Terrence Woodward/Ross Kaiser (Inglaterra), 365 pontos

2) Victor Corrêa (Brasil)/John Harris (Inglaterra), 331

3) Alain Costa (Mônaco), 292

4) Jaap Bartels (Holanda)/Stuart Moseley (Inglaterra), 267

5) Manhal Allos (Inglaterra), 255

6) Jeremy Ferguson/Andrew Ferguson (Inglaterra), 195

7) James Swift (Inglaterra), 179

8) Chris Hyman (África do Sul)/Alex Mortimer (Inglaterra), 176

9) Chris Hoy (Inglaterra), 154

10) Jamie Patterson /Alex Kapadia (Inglaterra), 151

11) James Abbott (Inglaterra), 121

12) Jean Gandar (França), 105

13) Philippe Muffat/Johan Scheier (França), 81

14) Ozzy Yusuf (Inglaterra), 49

15) John Corbett/Jamie Winslow (Austrália), 48 pontos

Fonte: Organização

 

Acompanhe a cronometragem online de todos os treinos e corridas

 

Assista a transmissão das corridas ao vivo pelo Youtube:

Corrida 1 – Sábado (8h45)

Corrida 2 – Domingo (7h20)

Corrida 3 – Domingo (12h15)

Consulte o site da categoria

Picanto 2015 mecânico tem preço reduzido  - Divulgação

Picanto mecânico mecânico e sedã Cerato têm preços reduzidos – Divulgação

 

A Kia Motors do Brasil anunciou hoje preços promocionais de final de ano para o hatch Picanto mecânico, de R$ 39,9 mil para R$ 34,9 mil, e ao sedã Cerato, de R$ 75,9 mil para R$ 69,9 mil, que vigoram neste último bimestre ou enquanto durarem os estoques dos modelos 2015/16.

 

Um dos veículos urbanos mais modernos e tecnológicos de seu segmento, o Picanto possui motor Kappa altamente eficiente que ajuda a melhorar o consumo de combustível e diminuir as emissões de CO2. Ao mercado brasileiro, a Kia disponibiliza o Picanto com tecnologia flexfuel. O modelo é equipado com motor de 3 cilindros, 1.0 litro, 12 válvulas CVVT, com potência de 80 cv a 6.200 rpm e torque de 10,0kgm a 4.500 rpm se abastecido com etanol. Abastecido com gasolina, chega a 77 cv a 6.200 rpm e torque de 9,6 kgm a 4.500 rpm.

 

Itens de conforto e conveniência do Picanto incluem abertura interna da tampa de combustível; ar-condicionado; banco do motorista com regulagem de altura; chave tipo canivete para travamento e abertura das portas à distância; tampa no compartimento de bagagem; encostos de cabeça com regulagem de altura; iluminação no porta-malas; luz interna com efeito fade out; porta-copos no console central; porta-garrafas nas portas dianteiras; revestimento de couro no volante e na alavanca de câmbio; travamento elétrico central das portas e porta-malas; volante de direção com regulagem de altura; vidros com comando elétrico nas duas portas dianteiras; cinto  de segurança de três pontos para os cinco ocupantes; rodas de aço aro 14’’ com calotas, regulagem e rebatimento elétricos, aquecimento, além de outros itens.

 

Os recursos disponíveis incluem ainda sistema de som com quatro alto-falantes, rádio CD/MP3 player com entradas auxiliar e USB e controle de som no volante de direção.

 

O Kia Cerato, por sua vez, em sua 3ª terceira geração, é um sedã com qualidade de acabamento que o coloca em patamar superior em sua categoria. Com perfil mais elegante, também conta com qualidade aperfeiçoada, equipamentos atualizados, cabine espaçosa e motor de alta tecnologia que oferece significativa economia de combustível.

 

O Kia Cerato possui motor Gamma 1.6 litro flexfuel. Abastecido com gasolina, gera 122 cv a 6.000 rpm com torque de 16 kgm a 4.500 rpm. Com etanol, a potência sobe para 128 cv a 6.000 rpm e torque de 16,5 kgm a 5.000 rpm. A transmissão de seis marchas automática sequencial e paddle shift. A transmissão automática é compacta e leve, e oferece mudanças suaves e precisas.

 

Com dimensões externas de 4.560 mm de comprimento, 1.780 mm de largura e 1.445 mm de altura, o Cerato é maior do que seus principais concorrentes. O sedã oferece ótimo espaço para os passageiros, com a distância entre-eixos de 2.700 mm. O porta-malas com capacidade de 482 litros é merecedor de grande destaque na categoria.

 

Além de oferecer os melhores espaços para pernas, cabeça e ombros, para seu condutor e passageiros, em sua categoria, o habitáculo do Cerato foi desenhado para abrigar o maior número de itens de conforto, a começar pelo painel compacto e de fácil acesso ao motorista, a quantidade de porta-objetos – nas quatro portas e no console central -, o porta-óculos de sol, entre outros. O volante possui ajustes de altura e profundidade, operação do computador de bordo, de áudio, o controle de modo de direção [normal, conforto ou esporte] e comandos do Bluetooth, além das aletas do paddle shift. Ao acompanhar a tendência de interatividade entre os ocupantes e o carro, o sistema de som conta com rádio, CD Player, conexões USB e iPod.

 

Outro item de conforto diz respeito ao sistema de ar condicionado Dual Zone, com controle independente de refrigeração e/ou aquecimento ao condutor e ao passageiro do banco dianteiro. Filtro ionizador e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro completam a lista de recursos de conforto.

 

Como é padrão nos modelos da linha Kia, o Cerato oferece os mais altos níveis de segurança ativa e passiva para os ocupantes. A estrutura de fixação da suspensão na carroceria otimizada para garantir segurança. A rigidez torcional é outro destaque no Cerato.

 

O aumento da aplicação de aço de alta resistência no chassis ampliou a rigidez e reduziu o peso. Dessa forma, o corpo reforçado impede deflexão em condições de estrada ruim ou condução em alta velocidade, aumentando a estabilidade e conforto aos ocupantes.

 

O conjunto motor, transmissão e nova estrutura de carroceria garantem também os bons números de distância de frenagem. De 100 km/h a parada total do automóvel, o Cerato faz em 42,3 metros com ABS, o melhor índice entre seus principais concorrentes.

 

Com base em resultados de testes internos da Kia Motors Corporation, o Kia Cerato foi projetado para conquistar cinco estrelas em testes de segurança do Departamento de Transporte norte-americano, o National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), em colisões frontais, laterais e capotamento.

Ralis Mitsubishi chegam à penúltima etapa - Márcio Machado

Ralis Mitsubishi chegam à penúltima etapa – Márcio Machado

 

A cidade de Joinville (SC) será palco do rali de regularidade Mitsubishi Motorsports e do rali de aventura e tarefas Mitsubishi Outdoor. “A etapa de Joinville, penúltima do ano, será marcada pelo ambiente feito sob medida para a aventura com os veículos 4×4 da marca”, destaca Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors.

 

Os competidores farão um percurso off-road pelas estradas e trilhas da região, passando por pontos históricos e de muita beleza. Participam da prova os clientes Mitsubishi que tenham veículos 4×4 das linhas L200 Triton e Pajero, ASX e Outlander.

 

Prova da Graduados e Turismo exigirá perícia das duplas - Márcio Machado

Prova da Graduados e Turismo exigirá perícia das duplas – Márcio Machado

 

Trilhas inéditas – No rali de regularidade, os participantes têm que seguir o roteiro e manter-se na velocidade e tempo estipulados pela organização. A prova largará no Expoville de Joinville e terá 160 quilômetros para a categoria Turismo Light, para duplas iniciantes, e 200 quilômetros para a Turismo, para quem tem experiência intermediária e para a Graduados, ideal para os participantes mais experientes. Podem participar os veículos 4×4 das linhas L200 e Pajero.

 

“Faremos um trecho exclusivo para os competidores da categoria Turismo Light. Isso possibilitará ainda mais diversão para os competidores”, garante Julianelli. Além de Joinville, a prova passará pelos municípios de Guaramirim e São João do Itaperiu e irá margear o rio Itapocú, passando por áreas de reflorestamento e estradas cascalhadas entre arrozais com belíssimo visual de antigas casas e barracões.

 

Já as duplas das categorias Graduados e Turismo percorrerão o trecho da Mineração Veiga, com muita areia e balaios com diversas opções, que irão exigir muita navegação e perícia ao volante. A prova segue por trilhas estreitas, reflorestamento e trechos escorregadios até retornar à Mineração para um trecho com areia.

 

Aventura – O Mitsubishi Outdoor é uma prova feita para toda a família. Cada equipe, formada por dois carros e até 10 pessoas, tem que cumprir o maior número possível de atividades, que vão de práticas esportivas como mountain bike e trekking, até tarefas culturais relacionadas às características da região.

 

Na etapa de Joinville, os competidores percorrerão extensas áreas de mata nativa, passando por grandes variações de relevo, muitos rios e trechos de estradas de terra que interligam pequenos povoados. “Essa combinação é a receita ideal para uma prova inesquecível”, afirma Fernando Julianelli.

 

Como itens opcionais, a organização pede que os competidores levem smartphone, mountain bike, capacete, cola escolar e tesoura, que já dão pistas sobre as atividades que serão realizadas.

 

Programação – Mitsubishi Motorsports e Mitsubishi Outdoor

6 de novembro – Sexta-feira

Entrega de kits, vistoria, briefing e aula de navegação – das 17h às 22h

Local: Expoville – Rua XV de Novembro, 4315, Glória – Joinville (SC)

 

7 de novembro – Sábado

A partir das 7h30 – Início das largadas

A partir das 14h – Chegada, almoço e premiação

Local: Expoville – Rua XV de Novembro, 4315, Glória – Joinville (SC)

Fonte: Mitsubishi

Rigor Rico, piloto de Barão de Cocais (MG), é destaque no Desafio 3R Motos de Enduro FIM

Rigor Rico, piloto de Barão de Cocais (MG), é destaque no Desafio 3R Motos de Enduro FIM

 

O 2º Desafio 3R Motos terá muitas feras do Enduro FIM em ação. Uma delas, porém, conta com atenção especial da torcida de Barão de Cocais. A cidade mineira recebe a segunda edição da prova no dia 15 de novembro e destaca o piloto da casa Rigor Rico, que acaba de conquistar o título brasileiro da modalidade na categoria E2 – o segundo de sua carreira. Ele ainda defende a taça de campeão do Desafio 3R Motos.

 

“É muito importante poder mostrar o meu trabalho para o público da região e ainda estar perto da família e dos amigos”, comentou Rigor Rico. “A Prefeitura de Barão de Cocais é grande incentivadora do esporte, tanto que apoia a minha carreira de piloto e realiza o Desafio 3R Motos. A cidade possui diversas opções de trilhas e belezas naturais, sem dúvidas é perfeita para a prática do motociclismo off-road”, continuou o piloto.

 

O Desafio 3R Motos ainda será válido como a grande final do Campeonato Mineiro de Enduro FIM, com direito a pontuação dobrada. Na briga direta pelo título estadual da E2, Rico foi um dos idealizadores do evento, que ainda terá a participação de seus dois irmãos: Ripi Galileu, líder da E3 no Mineiro, e Riago Dilan, diretor de prova. A primeira edição do Desafio 3R Motos foi eleita pela Federação Mineira de Motociclismo a melhor etapa de 2014, em uma votação que envolveu os pilotos.

 

“A torcida de Barão de Cocais é um show à parte, o pessoal gosta muito do enduro e sempre nos incentiva. Espero fechar bem o ano e conquistar o segundo título consecutivo do Desafio 3R Motos”, concluiu Rico. Com três voltas, sendo a primeira de reconhecimento, a prova inclui 38 quilômetros de percurso. Haverá um Cross Teste no Clube do Cavalo, onde o público poderá ver de perto as feras em ação, além de dois Enduro Teste e um Extreme Teste.

 

2º Desafio 3R Motos

Data: 15 de novembro de 2015

Local: Clube do Cavalo, Barão de Cocais (MG)

Abertura da secretaria de prova: 8h

Parque Fechado e vistorias: Das 8h30 às 9h55

Briefings com os pilotos: Dia 14, às 19h; Dia 15, às 9h45

Largada do primeiro competidor: 10h (horário de Brasília)

Fonte: Organização

Preço do Soul EV não foi anunciado pelo importador - Divulgação

Preço do Soul EV não foi anunciado pelo importador – Divulgação

 

A Kia Motors do Brasil anunciou hoje (28) sua decisão de trazer o Soul EV para o mercado brasileiro, um dia após a publicação da Resolução 96, da Camex – Câmara de Comércio Exterior, que zera a alíquota de importação de veículos puramente elétricos, como é o caso do modelo sul-coreano.

 

Na prática, a Camex reduz o imposto de importação destes veículos dos atuais 35% para alíquota zero, de 2%, de 4%, de 5% ou de 7%. A alíquota depende do tipo de veículo e da eficiência. Neste primeiro momento só são contemplados carros de passeio. Ônibus e comerciais leves podem ser incluídos em resoluções posteriores.

 

“Temos de parabenizar a Camex porque, agora, nós podemos trazer produtos com alto valor agregado. Do ponto de vista tecnológico e ambiental, o Soul EV traduz uma tendência mundial por automóveis mais limpos. Primeiro modelo da Kia Motors com tecnologia ecofriendly, veículo de emissão zero, o Soul EV – já homologado no País – tem chances reais de competitividade ainda maior caso os benefícios se estendam também com a redução da alíquota do IPI, hoje de 25% para 7%, percentual hoje dos automóveis de entrada de 1 litro, ou seja, que poluem menos. Assim, podemos contribuir ainda mais com a frota circulante de veículos elétricos no Brasil”, analisa José Luiz Gandini, presidente da importadora.

 

Automóvel ambientalmente correto, devido ao uso inovador de materiais de base biológicos, o Soul EV ganhou classificação EPA – Enviromental Protection Agency, dos EUA, cujo alcance estimado é de 99 milhas por MPGe (miles per gallon gasoline equivalent), alcançando 179 km na estrada, 219 km na cidade, ou seja, uma média de 199 km de autonomia.

 

Trata-se de um avanço importante para a marca ao dedicar-se ao espaço ecofriendly. O projeto do Kia Soul EV demonstrou ser prioridade pelos consumidores norte-americanos e, quando combinada com uma bateria ultramoderna, proporciona máxima eficiência de energia regenerativa. Para a conveniência dos usuários, o Soul EV conta com duas tomadas padrões localizadas atrás da porta deslizante na grade dianteira, uma Nível 1 e 2 AC e a segunda saída para o carregamento rápido, de 480v.

 

Uma das principais preocupações para os compradores de veículos elétricos é o intervalo de autonomia, ou seja, quando em uma viagem há o receio da bateria acabar. Porém, o Soul EV resolve este problema com uma bateria de litio ion polímero de alta densidade energética. Localizada sob o piso, a 27 kWh, refrigerada a ar, de 200 watts-hora/kg, a bateria permite o alcance estimado EPA, com rendimento superior a todos os outros veículos elétricos do mercado. De 360 volts, com gel eletrolítico, foi projetada para alta capacidade, estabilidade térmica e segurança. Também possui um cátodo de níquel-cobalto-manganês que ajuda a aumentar o rendimento, além de um ânodo com base de carvão e grafite, que aumenta a durabilidade e redução de peso.

 

Para maximizar a eficiência e o alcance, o Soul EV usa sistema de frenagem regenerativa para capturar até 12% da energia cinética do carro, alimentando de volta para a bateria enquanto o veículo está em movimento. As duas entradas para o carregamento oferecem flexibilidade e aumentam o apelo “locomova-se” em qualquer lugar, tornando o Soul mais conveniente para carregar na garagem de casa ou na estrada. Os tempos de recarga variam de 24 horas, para uma bateria totalmente descarregada utilizando uma tomada de 120 V padrão, e menos de cinco horas, quando conectado a uma tomada de 240 v. Os 80% podem ser alcançados em menos de 33 minutos  com a saída 50 kw, quando a bateria está descarregada. 

 

A Kia fez parceria com três fornecedores de baterias: Bosch, Leviton e AeroVironment para oferecer aos compradores do Soul EV a unidade que mais se adequa às necessidades do clientes.

 

A mecânica de condução pode ter mudada no Kia Soul EV, mas o sentimento de prazer de dirigir e de controle permanece. Ao volante, o motorista comanda a saída e o torque excepcional. Com tração nas rodas dianteiras, o Soul EV traz um motor que atinge velocidade máxima de 145 km/h e um torque de 29 kgf.m.

 

A aerodinâmica atualizada e a ausência de ruído do motor, combinadas com materiais de isolamento especiais resultam em um passeio excepcionalmente silencioso. Para o benefício de segurança dos ocupantes, o Soul EV é equipado com um sistema “alerta de pedestres” (PWS), que emite um alerta auditivo em velocidades baixas.

 

O Soul EV oferece amplo espaço no interior da cabine graças à intrusão mínima da bateria. Por causa do design plano e da sua localização sob o piso, há apenas uma ligeira redução de 3,1 polegadas no espaço para as pernas do banco traseiro (39,1-36 polegadas) versus o Soul movido à gasolina. O espaço para cargas não foi alterado quando comparado com o modelo movido à combustão.

 

Os itens de comodidade do Soul EV incluem uma tela de navegação de oito polegadas, um carregador de 6.6 KW on-board, câmera traseira Display3, Bluetooth, vidros elétricos, banco do condutor elétrico, controle de cruzeiro e um sistema de climatização exclusivo, desenvolvido para aumentar o alcance da condução, minimizando o gasto de energia.

 

O ar condicionado é um dos maiores drenos de energia em qualquer veículo elétrico, mas o sistema de climatização do Soul EV é projetado para fornecer o máximo de conforto e ao mesmo tempo ajudando a estender a autonomia do carro. O Soul EV utiliza quatro tecnologias-chave para maximizar a eficiência do sistema: uma bomba de calor padrão, ventilação individual, ventilação programada e controle da entrada de ar.

 

O Soul EV apresenta também pela primeira vez a tecnologia Organic Light Emitting Diode (OLED) para o baixo consumo de energia e praticamente sem acúmulo de calor em seu painel de instrumentos e fornece informações sobre o fluxo de energia do veículo, o tempo de carga, o nível de condução ECO e economia energia, medindo a eficiência da bateria em funcionamento. Além disso, o sistema OLED emite um alerta que permite ao condutor verificar rapidamente a quantidade de carga que a bateria ainda possui.