Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Archive for outubro, 2014
Sérgio Alves é o campeão da temporada 2014 - Tom Papp

Sérgio Alves é o campeão da temporada 2014 – Tom Papp

Sete etapas, 14 provas e mais de 13.000 quilômetros percorridos pelos competidores. Mas a segunda temporada da Mitsubishi Lancer Cup só foi decidida nos metros finais. Depois de uma disputa intensa, com muita emoção, velocidade e perícia dos pilotos, o carioca Sérgio Alves comemora o título, conquistado com apenas um ponto de vantagem. ”Comecei a temporada com o pé direito, fazendo a pole e ganhando a corrida. E terminei da mesma forma”, disse Sergio Alves. O piloto liderou a competição até a quinta etapa, quando acabou caindo para a terceira posição. Mas, nas últimas corridas, venceu a primeira prova e contou com a sorte, já que Bruno Mesquita e Fabio Viscardi, primeiro e segundo na classificação geral até então, bateram na primeira volta e não completaram, deixando o caminho livre para Sergio.

 

Com a segunda colocação, Viscardi comemorou o resultado. “Foi sensacional. Não tenho nada a reclamar, faz parte do esporte. Poderia ter sido o contrário e eu ter ganho por um ponto. O Sérgio é nota dez, foi merecido”, explica o piloto. “A regularidade dos pilotos foi muito boa, tanto que o resultado veio na última etapa, na última prova. São poucos os campeonatos que são assim”, completa. Bruno Mesquita, que liderava a disputa e foi campeão em 2013, ficou com a terceira posição. Na Lancer RS Master, muita comemoração de Paulo Pomelli, que ficou com o primeiro lugar e contou com o apoio e torcida de sua esposa e seus 10 filhos, que vibraram muito com a vitória.

 

Fernando Ewerton foi o campeão da Lancer R - Ricardo Leizer

Fernando Ewerton foi o campeão da Lancer R – Ricardo Leizer

Lancer R – Fernando Ewerton foi o grande campeão na categoria Lancer R. Assim como na Lancer RS, prevaleceu a regularidade e a diferença entre os pilotos foi de apenas três pontos. Luiz Santiago foi o segundo e Eduardo Viscardi, o terceiro. Na Lancer R Master, o primeiro lugar ficou com Renato Favatti. “Sou um privilegiado de poder estar nesse meio. Na pista foi uma briga, mas fora dela o clima é sensacional”, comentou o piloto, que chegou a vencer na geral da Lancer R em algumas etapas.

 

Para 2015 – Serão muitas as novidades para a terceira temporada da Lancer Cup. Os pilotos irão correr em outras pistas, o que aumentará ainda mais as disputas.

O Viagens Triumph Riding Experience levará motociclistas a diversos destino da América Latina - Divulgação

O Viagens Triumph Riding Experience levará motociclistas a diversos destino da América Latina – Divulgação

O Triumph Riding Experience, programa de relacionamento da marca já conhecido por seus treinamentos, oferece mais um pacote de emoções ao público, o Viagens Triumph Riding Experience. Os motociclistas poderão conferir diversos destinos na América do Sul, acompanhados de uma equipe bem preparada e que conhece toda a rota que será percorrida. A primeira viagem a ser realizada ganhou o nome de Tour Deserto e Vinho e acontecerá entre os dias 14 e 23 de novembro.

 

O cliente que aderir ao pacote de viagem ficará hospedado em hotéis já escolhidos pela equipe Triumph e será recepcionado no Aeroporto de Mendoza, na Argentina. Esta equipe passará diariamente um briefing sobre as atividades. Os principais roteiros são o Cânion de Talampaya, os vulcões e lagos do Atacama, o Vale da Lua, as vinícolas ao pé da Cordilheira das Andes e os gêiseres de El Tatio.

 

Sempre que possível, o grupo parará em locais apropriados e seguros para apreciar a paisagem, filmar e fotografar. “Esse formato busca entreter e agregar uma nova experiência aos amantes da marca, além de estarmos sempre reforçando as técnicas de pilotagem durante todo o passeio”, explica Pablo Berardi, coordenador do programa.

 

Além de aproveitarem os roteiros especiais, os participantes terão sempre a companhia de dois guias bilíngues em motocicletas, de um carro de apoio 4×4 e ainda receberão um kit Triumph e um fotolivro para guardar de recordação. O viajante terá dois jantares oferecidos pelo Triumph Riding Experience, permisos para os países visitados, assistência 24 horas em português, traslados para o aeroporto e participará do sorteio de brindes – e não precisará se preocupar com a bagagem, pois ela será transportada pelo carro de apoio.

 

Para participar das viagens, o cliente poderá usar a sua motocicleta de qualquer marca ou, se preferir, locar diretamente com a equipe uma Tiger 800, Tiger 800 XC ou Tiger Explorer 1200. No momento do aluguel, todas as motos já chegam revisadas, com seguro, franquia, carta verde, autorizações e qualquer outro documento que seja exigido durante os percursos.

 

O pacote não é exatamente barato, mas compensa pela oportunidade de extrair da moto tudo que ela oferece - Divulgação

O pacote não é exatamente barato, mas compensa pela oportunidade de extrair da moto tudo que ela oferece – Divulgação

Todo este pré-roteiro foi organizado com o auxílio do piloto Raphael Karan, o mais novo coordenador de viagens do Triumph Riding Experience e que chega para dar ainda mais credibilidade ao programa de relacionamento. Palestrante motivacional e de vendas, nascido em São Paulo (SP), ele também é autor do livro Projeto 5 Continentes – Uma viagem de descobertas pelos confins da Terra. Ele idealizou o projeto 5 Continentes percorrendo sozinho, de moto, durante oito anos, 60 países da América, Europa, Ásia, Oceania e África.

 

Os preços são a partir de R$ 7.672,00 por pessoa, para quem deseja alugar uma moto Triumph, o qual fica tempo integral com o cliente. Já quem deseja viajar com a própria moto, o preço à vista é de R$ 6.342,00, já com desconto de 7%, ou em até 12 X de R$ 684,00. O “Tour Deserto e Vinho” possui apenas oito vagas, para que a equipe possa dar a atenção que os viajantes merecem. As inscrições podem ser feitas pela internet. Basta, para tanto, acessar o site. O programa de viagens do Triumph Riding Experience já possui outros destinos confirmados. De 13 a 21 de dezembro, o “Salar Experience” tem como principal destino a Cordilheira dos Andes, o grande deserto de sal Uyuni e o lago Titicaca. E, entre 10 e 16 de janeiro, o Atacama Experience desbravará este deserto fascinante.

 

Suzane conquistou o campeonato da Super Bike Series, categoria CB500R, no ano de estreia - Norberto Marques

Suzane conquistou o campeonato da Super Bike Series, categoria CB500R, no ano de estreia – Norberto Marques

Superlativa. Determinada. Competitiva. Sempre. Em seu primeiro ano correndo na motovelocidade, a piloto Suzane Carvalho já conquistou o título de Campeã Brasileira da categoria Máster na Copa Honda CBR 500R. A categoria, que teve sua estreia também esse ano, corre com motos originais, permitindo somente a troca do escapamento, pedaleiras, semi-guidão e carenagem. A sétima e penúltima etapa aconteceu no do no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul. Suzane disputa o campeonato pelas categorias Light, para pilotos com até dois anos em competição e também pela Máster, para pilotos com mais de 45 anos.

 

Com carreira marcada por conquistas inéditas como o título da F-3 que lhe rendeu verbete no Guiness Book e Enciclopédia Barsa Suzane Carvalho escreve seu nome agora com título nas duas rodas - Luciano Sampa Fotos

Com carreira marcada por conquistas inéditas como o título da F-3, que lhe rendeu verbete no Guiness Book e Enciclopédia Barsa, Suzane escreve seu nome agora com título nas duas rodas – Luciano Sampa Fotos

“É a realização de mais um sonho. Motivação é tudo. Estrear na motovelocidade aos 50 anos de idade e conquistar um título me motiva ainda mais a treinar, me dedicar, me cuidar, para conquistar o “bi” no ano que vem, além do título da categoria Light também.” Seu adversário direto na luta pelo título, Eduardo Akama, sofreu uma queda na segunda classificação e não pode correr.  Só restava à piloto, completar 75% da corrida para a conquista antecipada do título, já que Akama ainda estará em recuperação na ocasião da última etapa, pois sofreu um deslocamento de clavícula. “Foi a corrida mais nervosa da minha vida. Eu parecia uma estreante. Havia chovido e a pista estava secando, mas outras nuvens estavam chegando. Optei então pelos pneus de chuva mesmo sabendo que ficaria mais lenta, pois se chovesse durante a corrida eu não correria o risco de cair. A situação do Akama também mexeu com meu psicológico”, explica.

 

Feliz por ter escrito seu nome em mais uma categoria do esporte motor brasileiro, Suzane, que é proprietária e diretora técnica do Centro de Treinamento de Pilotos Suzane Carvalho, completou: “Conforme digo em meu livro de pilotagem: “o resultado na pista é a soma de piloto + equipamento + equipe + astral + forças ocultas. E meu astral está super em alta.”

 

Suzane permanecerá na categoria e buscará bicampeonato em 2015 -  Luciano Sampa Fotos

Suzane permanecerá na categoria e buscará bicampeonato em 2015 – Luciano Sampa Fotos

Entre outros títulos, Suzane já conquistou os de Campeã Brasileira e Campeã Carioca de Kart, Campeã Brasileira e Campeã Sulamericana de Fórmula 3, o que a levou a entrar no Guinness Book e na enciclopédia Barsa. A Copa Honda CBR 500R é uma categoria monomarca e acessível financeiramente, pois a moto é praticamente original.  A última etapa será em Goiânia, no dia 16 de novembro. O (campeonato) SuperBike Series Brasil é o maior campeonato de motovelocidade da América Latina, reunindo mais de 300 pilotos em oito diferentes categorias, que entretém o público durante todo o dia. Além das emocionantes disputas, shows e sorteios fazem parte da programação, tornando o evento imperdível para os amantes do esporte.

Marca reduziu preço do modelo e oferece financiamento com juro de 0,36% - Divulgação

Marca reduziu preço do modelo e oferece financiamento com juro de 0,36% – Divulgação

A Triumph está relançando a campanha promocional de grande sucesso realizada no primeiro semestre deste ano com a esportiva Daytona 675R, (ano-modelo 2014/2014). A moto passa a ser vendida por R$ 47.990,00 (o valor sugerido normal é R$ 48.690,00) e ainda pode ser adquirido com taxa de juros de somente 0,36% ao mês, em 36 prestações fixas em torno de R$ 816,84, com entrada de 45% (R$ 21.595,50). Estas condições especiais são válidas apenas até o dia 31 de outubro ou até o final do estoque do modelo.

 

A superesportiva Daytona 675R foi totalmente remodelada e, desde abril de 2013, está sendo montada em Manaus. A Daytona 675R mantém seu propulsor de três cilindros, mas teve sua potência ampliada em 3 cv, atingindo 128 cv. Um novo chassi melhorou a distribuição de peso da motocicleta. Seu visual ganhou linhas mais retas na carenagem, um novo posicionamento do escapamento e o conjunto ótico foi renovado. Vários outros componentes também são novos, como as suspensões. Como resultado, a moto ficou mais rápida, segura e fácil de ser pilotada.  Referência absoluta no segmento, a Daytona 675R definiu novos padrões para as superesportivas, passando rapidamente a ser reconhecida como a moto mais rápida na pista e a melhor para andar na estrada.

Fortaleza (CE) recebe a terceira etapa do rali de regularidade Mitsubishi Motorsports Nordeste - Ricardo Leizer

Fortaleza (CE) recebe a terceira etapa do rali de regularidade Mitsubishi Motorsports Nordeste – Ricardo Leizer

Depois de Aracaju (SE) e Natal (RN), a cidade de Fortaleza (CE) recebe a terceira etapa do rali de regularidade Mitsubishi Motorsports Nordeste, no dia 1/11. A competição, que está em sua 20ª temporada, reunirá amigos e famílias que buscam aventura e diversão em meio a paisagens inesquecíveis em seus modelos Mitsubishi 4×4. ”É totalmente diferente do nosso dia a dia. Uma prova super bem organizada, muito bacana de participar”, conta o navegador Runado Gomes, que corre com um Pajero Dakar ao lado do pai, Runaldo. “A gente vem por prazer e para aproveitar a potência do carro”, completa o piloto da dupla fortalezense.

 

Os competidores largarão do La Maison Coliseu, que recebe também a chegada do rali. De lá, os participantes partirão rumo ao leste, passando pelos municípios de Euzébio, Aquiraz, Pindoretama, e Cascavel. As duplas ainda enfrentarão trechos com muitas dunas e areia, com as belas paisagens da região de Malcozinhado, Porto das Dunas, Sabiaguaba e Praia do Futuro. ”A etapa de Fortaleza é sempre muito bonita e guarda muitos desafios para os participantes. Teremos duplas do País inteiro compartilhando momentos alegres e de diversão”, comenta Fernando Julianelli, diretor de Marketing da Mitsubishi Motors.

 

Podem participar veículos Pajero e L200 - Cadu Rolim

Podem participar veículos Pajero e L200 – Cadu Rolim

Programação – Mitsubishi Motorsports Nordeste – Fortaleza (CE)

31 de outubro – Sexta-feira

Entrega de kits, vistoria, briefing e aula de navegação – das 17h às 22h

Local: La Maison Coliseu

Endereço: Av. Engenheiro Luiz Vieira, 555, Papicu

 

1 de novembro- Sábado

Local: La Maison Coliseu

Endereço: Av. Engenheiro Luiz Vieira, 555, Papicu

7h30 – Entrega das planilhas para Categoria Graduados

8h – Entrega das planilhas para Categoria Turismo e início da largada

9h – Entrega das planilhas para Categoria Turismo Light

A partir das 14h – Chegada, almoço e premiação

Fonte: Mitsubishi

 

Bruno Mesquita é o líder do campeonato na RS - Ricardo Leizer

Bruno Mesquita lidera na RS – Ricardo Leizer

Lancer Cup – Neste sábado (25) será revelado o grande campeão da segunda temporada da Mitsubishi Lancer Cup. O título está em aberto nas duas categorias, Lancer RS e Lancer R, e pelo menos três pilotos em cada uma têm chances reais de serem os vencedores. ”Com certeza só conheceremos o campeão na última prova, após a última curva”, prevê Bruno Mesquita, vencedor da primeira temporada, e que assumiu a ponta na classificação geral na Lancer RS na última etapa. “É bom poder estar na disputa novamente”, disse.

 

Luiz Santiago lidera na Lancer R - Ricardo Leizer

Luiz Santiago lidera na Lancer R – Ricardo Leizer

Fabio Viscardi, que lidera o campeonato na soma de pontos, mas que está em segundo com os descartes previstos no regulamento, já tem uma estratégia definida: “agora é ir para o tudo ou nada.” Em terceiro lugar e lutando pelo título inédito está Sergio Alves, com uma diferença de apenas 12 pontos para Mesquita e oito pontos parta Viscardi. Na categoria Lancer R, a disputa também está acirrada. Luiz Santiago lidera com 231 pontos, seguido por Fernando Ewerton, com 225, e Eduardo Viscardi, com 222. Os pilotos participam dos treinos livres nesta sexta-feira, além da classificação e de duas provas decisivas no sábado. A disputa será realizada no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP).

Piloto conquistou seu 17º título da competição - Divulgação

Piloto conquistou seu 17º título da competição – Divulgação

No último sábado (18), Ulysses Bertholdo conquistou seu 17º título do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade. A bordo do Lancer Evoltuion X, o piloto e seu navegador Marcelo Dalmut alcançaram a segunda colocação na etapa Panambi (RS), resultado que garantiu mais essa conquista. “É emocionante levar mais esse troféu para casa. Fizemos um trabalho muito bom durante o ano e, com uma etapa de antecipação, alcançamos nossa meta”, comemora Ulysses.

 

O título veio em um dia repleto de desafios. A prova foi marcada pelas fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul no fim de semana, o que tornou as condições da especial ainda mais adversas. “Enfrentamos um grande temporal no sábado, que deixou todo o trajeto com muita lama e bastante escorregadio. Mesmo assim conseguimos terminar o dia na liderança”, explica o piloto.

 

Para Ulysses, o bom trabalho de Marcelo foi essencial para o desempenho do dia. “Mesmo com pouca visibilidade e muito barro na pista, ele conseguiu transmitir muita confiança e não errou nenhuma referência. Foi uma prova praticamente perfeita”, elogia.

 

Com a liderança no primeiro dia de provas, a dupla usou uma tática mais conservadora e administrou a vantagem durante todo o domingo, terminando a etapa em segundo lugar, resultado que garantiu o título na geral de 2014.

 

“Enfrentamos as mais diversas condições de pista durante o campeonato, e o Lancer Evolution X foi o melhor carro que podíamos esperar. Além de rápido, o sistema eletrônico de controle de tração sempre nos deixou em vantagem. Pudemos ter a prova definitiva disso na última etapa”, ressalta Ulysses.

 

Ainda este ano, Ulysses e Marcelo enfrentarão a última etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade e também a final do Campeonato Sul-americano de Rally de Velocidade. “Mesmo após o título, vamos continuar buscando as primeiras colocações. Temos confiança em nosso trabalho e também no carro”, afirma o piloto.

 

Título foi alcançado com uma etapa de antecipação - Divulgação

Título foi alcançado com uma etapa de antecipação – Divulgação

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade

6 de dezembro – Curitiba (PR)

 

Calendário do Campeonato Sul-americano de Rally de Velocidade

22 de novembro – Lavalleja /Uruguai

Fonte: Mitsubishi

Motor Cummins será nacionalizado e equipará caminhão Foton em 2014

Motor Cummins será nacionalizado e equipará caminhão Foton em 2014 – Divulgação

A Cummins South America comemora a parceria e o marco histórico da Foton Caminhões no mercado brasileiro que apresentou no último dia 15, ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul, o protótipo nacional do caminhão de 10 toneladas, primeiro modelo a ser produzido na fábrica sediada no município gaúcho de Guaíba a partir de 2016. O protótipo da Foton traz sob o capô o Cummins ISF 3.8, motorização que será nacionalizada pela Cummins a partir do ano que vem, e traz tecnologia de pós-tratamento SCR, desenvolvida e fornecida pela Cummins Emission Solutions.

 

A Cummins, por sua vez, também celebra a sua participação no índice de nacionalização do caminhão de 10 toneladas da Foton, que sairá da linha de produção com mais de 65% de seu conteúdo local, auxiliando o atendimento aos requisitos do programa Inovar Auto, do governo federal, além do FINAME.

 

A Foton Caminhões também planeja a produção de outros modelos em sua fábrica no Brasil, ou seja, caminhões que vão de 3.5 a 24 toneladas de PBT (Peso Bruto Total). Estes também receberão a motorização ISF 3.8 SCR, exceto a versão de 3.5 t que será equipada com o ISF 2.8 e tecnologia EGR, cuja nacionalização está prevista para o início de 2016, na fábrica da Cummins em Guarulhos (SP).

A lama deixou as trilhas ainda mais emocionantes - Ricardo Leizer

A lama deixou as trilhas ainda mais emocionantes – Ricardo Leizer

O sábado (18) amanheceu nublado e chuvoso na maior cidade catarinense, mas isso não desanimou a Nação 4×4, pronta para encarar as trilhas da região. Largando do Expoville, o rali de regularidade Mitsubishi Motorsports, que está em sua 20ª temporada, seguiu rumo às cidades de Barra Velha, São João de Itaperiu e Araquari. ”É sempre uma aventura nova. Rezei para chover porque a adrenalina que é o barato, ganhar não é importante”, explica Marcio Metzner, piloto de um Pajero TR4. O amigo e navegador Carlos Vetorazzi Jr, também de Joinville, correu a prova pela primeira vez. “Mesmo a gente sendo da cidade vem a organização e encontra lugares novos e surpreendentes”, empolga-se. “É pertinho de casa, mas só no rali para encarar essas trilhas”, completa o piloto.

 

De Curitiba, os irmãos Cícero e Guilherme Carvalho estrearam uma L200 Triton Savana edição especial 20 anos de Mitsubishi Motorsports. “É a primeira vez que ando com este carro na trilha. Ele foi feito para isso”, conta o piloto. “É bem gostoso, a gente adora fazer rali. Sempre que possível a gente vem”, fala o navegador. As namoradas dos dois correram a prova também, mas em outro carro: Fabiana Gallina e Mayara Ribeiro estavam a bordo de um Pajero Tr4.

 

E não foram apenas eles que estrearam carro novo: Cesar Schuelter trouxe a namorada Juliana Sidronio para colocar pela primeira vez nas trilhas o Pajero Dakar comprado há seis meses. “Nós viemos pela brincadeira, que é muito legal, e pela estrutura que a Mitsubishi monta. Tu conheces lugares diferentes. Vale a pena participar”, garante o piloto.

 

A final do rali de regularidade será no dia 15 de novembro, em Ribeirão Preto - Adriano Carrapato

A final do rali de regularidade será no dia 15 de novembro, em Ribeirão Preto – Adriano Carrapato

Campeões da etapa – O rali de regularidade é dividido em três categorias: Graduados, para duplas experientes, Turismo, para duplas com experiência intermediária, e Turismo Light, para quem está começando. Na Graduados, a vitória ficou com Paulo Roberto Goes e Jhonatan Ardigo, de Joinville (SC). “Tudo tem um sabor especial, porque ano passado fui campeão e hoje estou voltando ao pódio”, emociona-se o piloto de um Pajero Full. “Ganhar uma prova aumenta a expectativa para as outras. Só quem ganha sabe dizer: é inexplicável”, completa o navegador.

 

Na Turismo, a dupla de Novo Hamburgo (RS) Rafael Brochier Cardoso e Marcelo Mello, também de Pajero Full, subiu ao lugar mais alto do pódio. “A maior dificuldade foi acertar o caminho. Quando não se erra, tem uma boa chance de ir bem. Estou muito feliz. É meu quarto ano de Mitsubishi Motorsports, meu primeiro ano na Turismo e primeira prova que ganho. Estou realizado”, comemora o piloto Rafael.

 

Já na Turismo Light, dos cinco primeiros colocados, quatro duplas vieram de São Paulo (SP): caso de Ilidio e Eduardo Sanches, pai e filho. “O maior desafio foi vencer as nossas limitações como dupla. O trajeto estava gostoso, teve lama e superamos as dificuldades. É indescritível. Esta é minha sexta etapa e já ganhar é muito legal”, explica Eduardo, piloto de um Pajero TR4. Já Ilidio participou pela terceira vez. “Tem emoção, adrenalina e a amizade que a gente faz aqui”, conclui.

 

Joinville (SC) foi palco da penúltima etapa do Mitsubishi Motorsports 2014 - Adriano carrapato

Joinville (SC) foi palco da penúltima etapa do Mitsubishi Motorsports 2014 – Adriano carrapato

Resultados – 6ª etapa – Joinville (SC)

Categoria Graduados

1) Paulo Roberto Goes/Jhonatan Ardigo – Joinville (SC) – 444 pontos perdidos

2) Acyr Hideki Rodrigues da Silva/Renan Pamplona Medeiros – Corupá (SC) – 506 p.p.

3) Renato Martins/Enedir Junior – Belo Horizonte (MG) – 510 p.p.

4) Otavio Enz Marreco/Allan Enz – Apucarana (PR) – 516 p.p.

5) José Marques Souza Junior/Claudio Roberto Flores – Belo Horizonte (MG) – 525 p.p.

 

Categoria Turismo

1) Rafael Brochier Cardoso/Marcelo Mello – Novo Hamburgo (RS) – 12429 pontos perdidos

2) Charles Marcelo Ritter/Marcelo Almada Coelho Ritter – Florianópolis (SC) – 12493 p.p.

3) José Carlos Selbach Eymael/Claudia Renata Bernt Eymael – Santana de Parnaíba (SP) – 12602 p.p.

4) Carlos Frederico Bauer Bauer/Alexandro Silva – São Bento do Sul (SC) – 12889 p.p.

5) Sidnei Rank/Leandro José Machado – São Bento do Sul (SC) – 13871 p.p.

 

Categoria Turismo Light

1) Eduardo Sanches/Ilidio Paulino Sanches – São Paulo (SP) – 309 pontos perdidos

2) Adriana de Azevedo Roldan/Amanda Azevedo Roldan – São Paulo (SP) – 326 p.p.

3) Marcio Ferreira Agostinho/Iran Andrade de Assis – São Paulo (SP) – 355 p.p.

4) Patricia Bertozzi/Monica da Costa Trindade – São Paulo (SP) – 364 p.p.

5) Neosandro Pires Domingues/Dea Marcia Azevedo Domingues – Rio de Janeiro – 381 p.p

 

 

Resultado acumulado – Campeonato 2014

Categoria Graduados – Pilotos

1) Otavio Enz Marreco – Apucarana (PR) – 111 pontos

2) Acyr Hideki Rodrigues da Silva – Corupá (SC) – 87 pontos

3) Paulo Roberto Goes – Joinville (SC) – 81 pontos

4) Hamilton Medeiros – Curitiba (PR) – 79 pontos

5) José Marques Souza Junior – Belo Horizonte (MG) – 78 pontos

 

Categoria Graduados – Navegadores

1) Allan Enz – Apucarana (PR) – 111 pontos

2) Alexandre Martinez – São Paulo (SP) – 83 pontos

3) Rafain Walendowsky – Curitiba (PR) – 79 pontos

4) Claudio Roberto Flores – Belo Horizonte (MG) – 78 pontos

5) Renan Pamplona Medeiros – Corupá (SC) – 77 pontos

 

Categoria Turismo – Pilotos

1) Jorge Thirige – Rio de Janeiro (RJ) – 110 pontos

2) Carlos Frederico Bauer Bauer – São Bento do Sul (SC) – 101 pontos

3) Charles Marcelo Ritter – Florianópolis (SC) – 100 pontos

4) José Carlos Selbach Eymael – Santana de Parnaíba (SP) – 98 pontos

4) Luiz Renato Rezende Lopes – Pouso Alegre (MG) – 87 pontos

 

Categoria Turismo – Navegadores

1) Farley Geraldo Miranda – Rio de Janeiro (RJ) – 110 pontos

2) Alexandro Silva – São Bento do Sul (SC) – 101 pontos

3) Marcelo Almada Coelho Ritter – Florianópolis (SC) – 100 pontos

4) Claudia Renata Bernt Eymael – Santana de Parnaíba (SP) – 98 pontos

5) Debora Avila de Carvalho – Pouso Alegre (MG) – 87 pontos

Fonte: Mitsubishi